Por João Pedro Alves e Osmar Antônio

O Coritiba foi ao Maracanã na noite deste sábado (21), até saiu na frente no placar, mas ficou no 1 a 1 com o Fluminense. O empate fora de casa contra um adversário que vinha de cinco jogos sem derrota não é nada ruim, e o técnico Marquinhos Santos ressaltou o ponto conquistado. Entretanto, ele acredita que poderia ter sido melhor: a esperada vitória após três rodadas era possível e coroaria uma atuação equilibrada.

Para Marquinhos, Coxa deixou de vencer no Maracanã (Foto: Divulgação/Coritiba)

“A gente sai chateado porque poderíamos ter saído com a vitória. Tivemos a bola do jogo no final da partida com o Dudu”, lamentou em entrevista coletiva após o jogo, lembrando o gol perdido pelo jovem meia já nos últimos lances. “Mas estamos felizes com o ponto conquistado aqui (no Maracanã)”, ponderou.

Além do resultado, Marquinhos fez questão de elogiar o desempenho coxa-branca no Rio de Janeiro. Mesmo com uma série de desfalques, ele avaliou que a equipe soube segurar o Tricolor e ainda criar chances de gol. Foi uma atuação que dá ânimo e esperança de que o bom momento pode reaparecer no Alto da Glória.

“Tivemos novamente várias ausências, mas hoje o time teve um comportamento positivo”, disse o treinador. “Isso traz tranquilidade, serenidade e confiança para que a equipe acredite que estamos evoluindo. Logo teremos uma sequência de vitórias”, afirmou.

A primeira vitória dessa sequência é esperada na terça-feira (24) na Copa Sul-Americana, quando o Coxa recebe o Itagüi no Couto Pereira pelas oitavas de final. “Agora vira a chave. É uma competição internacional, inédita. Esse é o jogo do ano, que vai fazer o Coritiba crescer”, finalizou.

Notícias relacionadas:

Coxa sai na frente, mas permite empate e fica no 1 a 1 com o Fluminense no Maracanã