Rafinha quer encerrar a carreira no Coritiba (Divulgação/Bayern de Munique)

Cria das categorias de base do Coritiba, o lateral-direito Rafinha foi um dos destaques com uma assistência para gol, na vitória do Bayern de Munique sobre o AEK Atenas, por 2 a 0, na tarde desta terça-feira (23), que valeu a liderança do Grupo E da Liga dos Campeões para os alemães. Aos 33 anos, o jogador comentou sobre o futuro e reafirmou o desejo de encerrar a carreira no time que o projetou.

“São 14 anos na Europa, 13 de Alemanha e oitava temporada no Bayern de Munique. É claro que quero voltar para o Brasil. Já deixei claro que vou encerrar a minha carreira no Coritiba, que é o time do meu coração e o que me revelou. Meu contrato acaba ano que vem, está cedo ainda para pensar em mudança. Vamos ver como vai terminar a temporada. Vou fazer meus jogos aqui, tentar terminar bem e conquistar mais títulos pelo Bayern e depois eu penso no meu futuro. Mas tem possibilidade, tudo está em aberto. Tenho contrato até maio do ano que vem, vou deixar isso para o futuro”, afirmou o lateral-direito ao canal Esporte Interativo.

Com contrato até maio de 2019 com os bávaros, Rafinha chegou a ser especulado no Cruzeiro, São Paulo e Palmeiras no final do ano passado, mas as conversas não vingaram. Agora, o jogador afirma estar 100% focado no time alemão até o término do vínculo. “Não tenho preferência. Até fui procurado por outros times, mas estou pensando só no Bayern, que é com quem eu tenho contrato”, acrescentou.

O lateral-direito estreou como profissional pelo Coxa em 2004 e conquistou o título estadual daquele ano. Rafinha deixou o clube na metade de 2005 para atuar no Schalke 04, da Alemanha, no qual defendeu até 2010, quando se transferiu ao Genoa, da Itália. A passagem no futebol italiano durou apenas uma temporada. Em 2011, o atleta foi negociado com o Bayern de Munique, clube que defende até hoje.