Foto: Osmar Antônio/Banda B

O Coritiba apresentou na manhã desta sexta-feira (27) dois novos reforços para o restante da temporada: o atacante Kelvin, ex-Vasco e Paraná, além do volante Serginho, com passagens pelo alvinegro carioca e também pelo Atlético Mineiro. Ambos os jogadores já trabalharam com Jorginho, o novo técnico coxa-branca, quando ele era técnico em São Januário. Os dois já saíram na lista do BID, da CBF, e já estão à disposição da comissão técnica.

Kelvin

Em entrevista coletiva no Couto Pereira, Kelvin, nascido em Curitiba, admitiu ser torcedor do Verdão, apesar de ter feito o começo da sua carreira no rival Paraná Clube. “Fiquei dez anos na base do Paraná. Tenho muito carinho pelo clube e se hoje eu estou aqui é graças a ele. Mas sou coxa-branca desde pequeno, mesmo sem ter declarado para ninguém. Hoje admito que sou torcedor, minha família e amigos todos torcem para o Coxa. É um momento muito especial para mim”, afirmou.

O jogador, de 26 anos, teve uma recente e rápida passagem pelo Fluminense, onde jogou apenas uma partida e não marcou nenhum gol. Ao todo, o atleta disputou nove minutos com a camisa do clube das Laranjeiras. Ele tinha contrato até o próximo dia 31 de dezembro, mas pediu para ser liberado pelos cariocas. O clube acatou o pedido.

“Já conheço o Jorginho dos tempos do Vasco, sei como ele trabalha. Eu estou à disposição. Jogador só pega ritmo de jogo em campo. Não tive nenhuma lesão neste ano e espero recuperar o tempo perdido para ajudar o Coritiba no acesso”, analisou o atacante.

Serginho

Já o experiente volante, de 33 anos, que jogou durante oito anos no Atlético Mineiro, disputou a última temporada pelo Al Wasl, dos Emirados Árabes. Serginho venceu uma Libertadores pelo Galo, além de quatro campeonatos mineiros e uma Copa do Brasil com o Palmeiras, em 2015.

“Eu e o Kelvin tivemos a felicidade de trabalhar com o Jorginho, no Vasco. No meu caso, apesar de ter ficado três temporadas fora, foram muitos anos e jogos pelo Brasileiro, então tenho certeza que posso acrescentar a tranquilidade para os mais novos e dividir a responsabilidade para conseguirmos o tão sonhado acesso”, afirmou Serginho.

O volante revelou também que foi abordado, por telefone, por Rodrigo Pastana, e gostou do projeto apresentado pelo dirigente. “Estou muito feliz com o projeto que o Coritiba me apresentou. Eu e o Pastana conversamos por cinco minutos e já acertamos. Foi  a transação mais rápida da minha carreira”, completou.

No Couto

Para o jogo de amanhã, às 19h30, contra o América-MG, o Coritiba realizou o último treinamento na manhã desta sexta-feira. A imprensa foi impedida de filmar o trabalho no Couto. À noite, os jogadores se preparam para a concentração.

Com os desfalques de Igor Jesus, com amigdalite, e Rafinha e Thiago Lopes, suspenso, o Verdão deve entrar em campo com: Muralha, Diogo Matheus, Rafael Lima, Sabino e Wililan Matheus; Matheus Sales, Alano e Giovani; Robson, Wellisol (Kelvin) e Rodrigão.