Jorginho quer continuar no Coritiba em 2020. (Max Haack/Ag. Haack)

O técnico Jorginho foi contratado com a única missão de levar o Coritiba novamente para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Com contrato somente para a Série B, o treinador ainda não sabe qual será o seu futuro profissional, mas declarou que pretende continuar no Coxa na temporada de 2020.

“Vamos conversar. Não tinha nada, porque tudo dependia do acesso. Agora podemos conversar com calma, vamos comemorar antes com a torcida, viajar para o Rio de Janeiro, mas com certeza com o meu empresário vai conversar com o Pastana. O desejo é realmente de permanecer aqui”, declarou Jorginho, em entrevista direto do estádio do Barradão.

Para continuar, o treinador já avisou que é muito importante ter um planejamento. “É fundamental que tenha um planejamento a longo prazo, as contratações que precisam ser feitas para a Série A. Eu vim para cá ganhando pouco menos do que ganhava na Ponte Preta, porque acreditava que nestes 15 jogos poderíamos conquistar o que conquistamos. Então, nós temos que conversar. Tendo boa vontade dos dois lados, nós podemos chegar a um acordo”, comentou.

Reconhecimento do antigo treinador

Marcado como técnico do acesso, Jorginho não esqueceu do trabalho de Umberto Louzer, que comandou o Coritiba em 23 rodadas da Série B. De acordo com o técnico, o Coxa não teria voltado para a elite se não fosse o trabalho de Louzer. “Preciso reconhecer o grande trabalho do Umberto Louzer. Coloquei 4-4-2 na minha chegada, mas os jogadores estavam mais adaptando ao 4-3-3, esquema que o Umberto usou, e voltamos ao 4-3-3. Ele fez 34 pontos no primeiro turno, a gente não chegaria se ele tivesse feito este excelente primeiro turno. Eu espero encontra-lo na Série A porque se trata de um profissional de altíssimo nível. E o que eu falei lá dentro é que esse clube não vai voltar para a Série B”, afirmou.

Problemas durante a campanha

Logo em uma de suas primeiras partidas, Jorginho teve que encarar uma situação muito complicada. Alguns jogadores foram para um show sertanejo depois da derrota no clássico para o Paraná por 2 a 0 e receberam diversas críticas da torcida. “É muito importante que o grupo entenda que existe comando. Não é um comando autoritário, mas de respeito e seriedade. Eles não entenderam que não podiam sair por ser uma derrota difícil e manchou um pouquinho, pois a gente poderia estar com 15 jogos de invencibilidade. Naquele momento, eu fui firme e duro e tive o apoio da diretoria”, ressaltou o técnico.

Outro problema aconteceu antes da partida contra o Bragantino, na penúltima rodada. O atacante Rodrigão foi afastado do elenco por não aceitar o banco de reservas. Jorginho deixou um recado para o centroavante e admitiu que ele será um grande jogador se ‘colocar’ a cabeça no lugar. “Rodrigão é um grande jogador, um cara sensacional e de altíssimo nível. Falei para ele que poucos centroavantes tem a capacidade dele de fazer gol, mas precisa ser mais atleta, profissional e respeitar as decisões da comissão técnica. Mas quero agradecer pelos gols, é um vencedor e contribuiu para o nosso acesso à Série A. Nunca tinha tomado a decisão de afastar um atleta, porque foi uma situação difícil e precisava tomar pelo fato do grupo ser mais importante do que uma pessoa. Se ele não ficar com raiva e me der ouvidos, tem capacidade de se tornar um dos melhores centroavantes”, falou.

Assista à transmissão da Banda B para o jogo do acesso do Coritiba

AO VIVO – Vitória x Coritiba

AO VIVO!!!!!! TARDE DE VERDÃO EM CAMPO PARA RETORNAR À SÉRIE A!!!! ACOMPANHE!!!!Vitória x Coritiba – 16h30Narração: Marcelo OrtizComentários: Serginho PrestesReportagem: Osmar AntônioCentral: Greyson AssunçãoPortal: Guilherme Coimbra, Luiz Ferraz e Pedro MeloAcompanhe também no AM 550 e no FM 107.1.

Posted by Esporte Banda B on Saturday, November 30, 2019