Jorginho explicou situação do artilheiro do Coritiba (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Jorginho ‘apagou incêndio’ mais uma vez, mesmo com a vitória do Coritiba sobre o Criciúma, neste sábado (12), no Couto Pereira. O comandante explicou a decisão de deixar o artilheiro Rodrigão mais uma vez no banco de reservas e revelou conversa com o jogador após a discussão dele com Nathan no aquecimento da equipe.

“A gente viu o que aconteceu. Sou um ex-atleta, já passei por muitas situações como essa, então sou experiente para lidar com essa situação. Procurei fazer com que estivessem focados no jogo e unidos. Cobrei isso no intervalo novamente e falei muito sério com o Rodrigão no final. Ele é muito mais experiente, Nathan é um jovem. Ele já reconheceu o erro e vai pedir desculpas ao Nathan”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

De acordo com o comandante, a perda da titularidade foi para trabalhar com o brio do jogador e tentar recuperá-lo para a reta final da Série B. “Eu quero mexer com o Rodrigão. Ele é um dos melhores atacantes hoje do futebol brasileiro e tem condições de ser um jogador de ponta. Ele não pode achar que seis, sete jogos sem fazer gol é uma coisa normal. Eu quero mesmo mexer com ele e entendeu perfeitamente o recado que dei. Ele ficou chateado comigo e isso é bom, pois quero que ele vença e seja um jogador concentrado, atento e isso está acontecendo”, acrescentou.

Jorginho também enalteceu o potencial do atacante e negou que haja problemas comportamentais no dia a dia. “Essa situação deixou um pouco evidente um descontrole. Mas não é o caso. Acho que ele tem todo potencial, é um atleta com uma visão enorme do gol, sabe fazer o pivô e tem uma finalização muito boa. Tenho certeza que esse último mês será de muita conversa, conscientizando para que ele entenda quem é e o que representa”, concluiu.

Confira a entrevista coletiva do técnico Jorginho:

Entrevista do técnico Jorginho após a vitória por 1 x 0 contra o Criciúma

Posted by Esporte Banda B on Saturday, October 12, 2019