O Coritiba inicia nesta segunda-feira (10) a preparação para o duelo com o Goiás, que acontece no próximo domingo (16), às 18h30, na Serrinha, pela décima rodada da Série B, mais uma vez com uma indefinição diante do seu comando.

Até agora, o Coxa não confirmou nenhum nome contratado e também não efetivou James Freitas, que segue no cargo como interino. Mesmo com a semana inteira pela frente, caso o Alviverde acerte com um novo treinador, o auxiliar é quem vai comandar o time em Goiânia.

Desde a demissão de Guto Ferreira, após a derrota por 1×0 para o Sport, no dia 4 de maio, James é quem vem ficando à beira do gramado. Em seis partidas, tem três vitórias, um empate e duas derrotas, um aproveitamento de 55,5% dos pontos disputados.

Interino sem pressa no Coritiba

Enquanto a diretoria não define quem, de fato, será o treinador da equipe, o interino não se incomoda com o cargo temporário e garante que não conversa com os dirigentes sobre o futuro. De acordo com o próprio James, o objetivo dele é ajudar o Alviverde, independentemente de como.

Na realidade eu não estou preocupado com isso. Sou funcionário do Coritiba e estou aqui para ajudar sempre que for solicitado. Vim para ser auxiliar permanente e nunca me passou pela cabeça assumir a equipe. Estou exercendo esta função no momento e estou tranquilo em relação a isso, pensando em jogo a jogo”, apontou ele, após a vitória por 4×2 sobre o Ituano.

Esta não foi a primeira vez que o técnico refuta sobre ser efetivado no cargo. A cada jogo a pergunta é repetida nas entrevistas coletivas e o profissional segue com o mesmo discurso. A tendência é que ele continue comandando a equipe não só contra o Goiás, mas também diante do América-MG, na quarta-feira (19), no Couto Pereira.

Opções no mercado?

Neste pouco mais de um mês sem um treinador efetivo no cargo, o Coritiba adota a cautela ao planejar um novo profissional. O diretor de futebol Paulo Autuori e o executivo William Thomás eram favoráveis a deixar James Freitas em definitivo na função, mas outros nomes da diretoria preferem alguém mais experiente.

Opções com conhecimento de Série B até estão disponíveis, como Léo Condé, campeão da segunda divisão de 2023 com o Vitória e Enderson Moreira, que já conquistou três vezes o torneio (2012 com o Goiás, 2017 com o América-MG e 2021 com o Botafogo).

Porém, até aqui a diretoria, pelo menos oficialmente, só procurou Gustavo Leal, jovem de 38 anos que estava no Atlético San Luís, do México, até o final de abril.

James Freitas, técnico interino do Coritiba
James Freitas já comandou o Coxa em seis jogos na Série B. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

James segue com futuro indefinido no Coritiba: “não me preocupo”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.