Goleiro celebrou feito inédito de defender duas penalidades em uma única partida (Fabiano Mesquisa/Framephoto/Estadão Conteúdo)

A vitória do Coritiba sobre o Sport teve um nome: Wilson. Personagem central dos três pontos conquistados no Recife, o goleiro coxa-branca mais uma vez teve destaque, defendeu duas penalidades de Diego Souza e acabou sendo o protagonista da vitória de virada, por 4 a 3, que tirou a equipe da zona de rebaixamento do Brasileirão.

Após a partida, na saída do gramado, o camisa 84 agradeceu os elogios e comemorou as duas defesas decisivas para a vitória alviverde.”Fico feliz. Hoje estou sendo elogiado, mas pelo menos a vitória veio. Muitas vezes acabo sendo elogiado e ela não vem. É como eu sempre falo, o futebol é um esporte coletivo. Isso demonstra que todo mundo se entregou, lutou até o final e não desistiu, apesar das nossas dificuldades e dos nossos erros. Está todo mundo de parabéns. A gente sabe como é difícil ganhar aqui, a pressão que tinha hoje e o quão fundamental era esta vitória. Todos se empenharam, lutaram até o final e nós conseguimos a vitória”, afirmou em entrevista à imprensa.

Além de destacar a importância para a equipe, o feito foi também um marco na carreira de Wilson, que pela primeira vez defendeu dois pênaltis em uma só partida. “É raro, é difícil, ainda mais contra um grande batedor. Assim, dois pênaltis seguidos, ainda não. Já havia defendido dois numa Copa do Brasil pelo Figueirense, mas o juiz mandou voltar um e depois peguei de novo. Hoje, oficialmente, foi a primeira vez que defendi dois em uma única partida”, finalizou.

Com a vitória sobre o Sport no Recife, o Coritiba foi aos 35 pontos e assumiu a 16ª colocação, deixando a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.