Assim que o rebaixamento foi confirmado matematicamente, na derrota por 2×1 para o Fluminense, o Coritiba já começou a colocar em prática o projeto 2024. Em campo, quem ganhou o maior espaço foi o goleiro Pedro Morisco. De terceira opção, virou titular nos dois últimos jogos – contra Botafogo e Red Bull Bragantino – e mostrou potencial.

Aos 19 anos, a cria do Coxa não sentiu a pressão e teve atuações destacadas. Foram 13 defesas nestes dois duelos, com dois gols sofridos. Diante dos cariocas, foi vazado apenas nos acréscimos, em cobrança de pênalti. Já contra os paulistas, fez pelo menos quatro defesas fundamentais no andamento do jogo.

“Feliz por estrear e feliz por estar tendo essa sequência. É continuar trabalhando para que, se Deus quiser, em 2024 a gente consiga coisas grandes, conquistar nossos objetivos. Vamos terminar o ano sempre honrando a camisa com muita garra e disposição”, disse ele, ao canal Premiere.

Guto Ferreira pede pés no chão com o goleiro do Coritiba

O técnico Guto Ferreira também elogiou a atuação do arqueiro, mas pediu calma e pés no chão neste início de carreira para o garoto. O conselho foi para evitar um deslumbramento e saber lidar com os momentos difíceis.

“Capacitado ele é, se não fosse a gente não teria nem colocado na primeira vez, nem puxado para o elenco profissional. A gente acredita, sim, mas é equilibrar. Que esses elogios sirvam para aumentar a confiança, melhorar, amadurecer, mas sem empolgar, mantendo os pezinhos no chão e sabendo que ele tem que trabalhar cada dia melhor” declarou o treinador, que ligou o sinal de alerta.

“O maior problema de quando a gente começa a jogar muito bem no início é, ainda bastante jovem, conseguir botar os pezinhos bem fincados no chão. Porque o tapinha nas costas vem até o primeiro erro, que vai acontecer na carreira, ninguém vai passar a carreira ilesa. Aí tem que estar muito maduro para virar a página rápido e seguir”, completou.

Pedro Morisco, goleiro do Coritiba
Pedro Morisco foi titular nos últimos dois jogos do Coritiba. Foto: Robson Mafra/Estadão Conteúdo

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Aos 19 anos, goleiro do Coritiba mostra potencial e ganha elogios e conselhos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.