Jorginho elogiou Giovanni Augusto nos últimos dois jogos. (Divulgação/Coritiba)

Sob o comando de Jorginho, Giovanni Augusto, um dos destaques da vitória contra o Palmeiras na última quarta-feira (14), teve bastante espaço. O meia esteve presente em 15 das 16 partidas sob o comando do treinador alviverde. Sobre a sua atuação nos últimos jogos, Jorginho disse que o camisa 90 teve um papel importante para a conquista da vitória e do entrosamento do grupo.

“Ele foi um jogador importantíssimo, no jogo passado, por pouco a gente não ganha aquele jogo do Fortaleza no segundo tempo, pelo nível técnico desse jogador. Chamando a responsabilidade para ele e hoje (contra o Palmeiras) não foi diferente, ele não apenas conseguiu construir no meio campo, na jogada final, no lance final, como realmente foi um jogador que se entregou completamente”

Titular em 5 jogos, Giovanni Augusto entrou também em 5 partidas. Jorginho retirou o atleta em 5 confrontos e não escalou o jogador somente contra o São Paulo. O técnico Coxa Branca definiu o principal motivo para que o meia tivesse o desempenho que conquistou contra o Palmeiras.

“Em relação ao Giovanni, a continuidade dele a cada jogo. Ele já havia falado isso comigo, eu sei porque eu fui um atleta, então eu sei o quanto é importante o jogador pegar ritmo de jogo. Era o que ele precisava. No jogo passado (contra o Fortaleza) eu fiz questão de mantê-lo para que ele pudesse, realmente, suportar. Claro que um jogo ou outro, vai ser necessário ele sair, porque essa batida de quarta, a gente tem mais um jogo sábado, agora contra o Santos, e é super difícil. “

Jorginho ainda destacou o comprometimento do camisa 90 durante a partida e como as suas orientações foram seguidas por ele no jogo com o Verdão Paulista. “Eu chamando a atenção dele voltar para marcar, dele não deixar o Felipe jogar, e ele fez isso com uma maestria enorme. É um jogador que é muito importante contar com ele no jogo”, finalizou.