Louzer avaliou empate do Coritiba (Osmar Antônio/Banda B)

Umberto Louzer lamentou a perda de dois pontos nesta sexta-feira (9) após o empate de 0x0 com o Londrina em casa, mas ressaltou que a equipe tem evoluído ‘jogo a jogo’ desde o final do Campeonato Paranaense.

O comandante do Coritiba lamentou o nervosismo da equipe na primeira etapa, fato que atrapalhou o desenvolvimento das jogadas ofensivas. “Conversamos sobre a ansiedade em que nós estávamos, pois erramos muitos passes apesar da organização da equipe em campo. Tudo isso vai tirando a segurança e gerando dúvida nos jogadores. no intervalo, eu procurei corrigir isso e pedi aos atletas mais paciência e refino no passe até o gol”, disse durante a entrevista coletiva.

Apesar de ter sido mais perigoso durante todos os noventa minutos, o Coritiba não soube aproveitar as chances de gol, falhando principalmente no último passe e nas finalizações, sendo parado pelo bom goleiro Matheus Albino. “Estamos criando, mas precisamos ser mais efetivos, pois na Série B dificilmente você terá muitas chances de gol como tivemos na noite de hoje”, analisou Louzer.

Segundo ele, mesmo a má atuação de Rodrigão e o partida apagada do meia Giovanni mostram a importância dos ‘veteranos’ para a equipe. “O Giovanni retornou e cresceu muito na segunda etapa, assim como o Rodrigão, que depende dessa construção do nosso meio de campo para finalizar jogadas. Esses são dois atletas da nossa inteira confiança”, afirmou.

Louzer também agradeceu o grande comparecimento da torcida coxa-branca, que lotou mais de 34 mil assentos no Couto Pereira. “Os nossos torcedores apoiaram do inicio ao fim, e isso é importantíssimo para o nosso processo de evolução. Temos melhorado a cada jogo, mas é óbvio que empates assim podem nos abalar assim como o torcedor, mas precisamos erguer a cabeça e continuar trabalhando”.

O elenco coxa-branca terá agora doze dias para a preparação da próxima partida, válida pela quarta rodada da Série B contra o CRB, na segunda-feira (20), à 20h no Estádio Rei Pelé.