Por Pedro Melo

Ouça os gols da vitória do Atlético. Narração de Marcelo Ortiz:

Atlético pode perder por até dois gols de diferença que fica com o título. (Geraldo Bubniak)

Atlético pode perder por até dois gols de diferença que fica com o título. (Geraldo Bubniak)

O Atlético está muito perto de garantir o título do Campeonato Paranaense de 2016. Empurrado o jogo inteiro por pouco mais de 29 mil torcedores, o Rubro-Negro teve uma das melhores atuações da temporada, abriu grande vantagem com a vitória por 3 a 0 sobre o Coritiba e pode perder por até dois gols de diferença na próxima semana que encerra o jejum de sete anos sem levantar nenhum troféu.

Os três gols da vitória atleticana saíram na segunda etapa. Aos sete minutos, Thiago Heleno aproveitou grande jogada ensaiada do ataque rubro-negro e abriu o placar de cabeça. Depois, Ewandro aproveitou vacilo da defesa coxa-branca e chutou rasteiro na saída de Elisson para marcar o segundo. A vantagem foi aumentada aos 24 minutos em grande cobrança de falta de Hernani que estufou as redes.

As duas equipes têm a semana toda para se preparar e voltam a se encontrar no próximo domingo (08), às 16h, no estádio Couto Pereira. Do lado atleticano, o técnico Paulo Autuori terá os retornos de Otávio e André Lima e espera pela definição de Vinícius. Já no time coxa-branca, a expectativa é pela volta do lateral-direito Ceará e dos meias Juan e Dudu.

Atlético é melhor no primeiro tempo

O clássico começou bastante pegado e em cinco minutos foram duas confusões envolvendo os jogadores. Primeiro, Negueba entrou forte em Hernani que ficou caído no gramado durante um tempo e depois foi a vez de Léo acusar Kleber de dar uma cotovelada. Em nenhum dos dois lances, o árbitro aplicou cartão amarelo.

Com bola rolando, a primeira chance da partida foi do Rubro-Negro aos seis minutos em chute forte de Walter que Elisson mandou para escanteio. Enquanto o Alviverde tentava explorar os contra-ataques, o time atleticano pressionava mais e teve chance de abrir o marcador com Ewandro, mas a bola passou raspando na trave.

Jogando com o apoio da torcida, o Atlético continuou todo no ataque e quase fez o primeiro gol aos 31 minutos. Walter arriscou chute forte de fora da área e mais uma vez Elisson se esticou todo para evitar a abertura do placar. Antes do intervalo, Ewandro recebeu livre de marcação na marca do pênalti após grande jogada de Sidcley, chutou forte, de primeira, e mandou por cima do gol.

Furacão marca três gols no segundo tempo

Na volta do intervalo, o panorama da partida seguiu o mesmo com o Rubro-Negro pressionando e o Coxa explorando o contra-ataque. A grande diferença é que logo aos sete minutos saiu o primeiro gol da partida. Em grande jogada ensaiada, Léo cruzou a bola na área e Thiago Heleno cabeceou no canto direito.

Thiago Heleno comemora o primeiro gol atleticano. (Geraldo Bubniak)Thiago Heleno comemora o primeiro gol atleticano. (Geraldo Bubniak)

Depois do gol, o Alviverde tentou reagir em busca do gol de empate, mas não contava com uma falha da própria dupla de zaga. Walisson Maia e Juninho se atrapalharam, Ewandro aproveitou, avançou até dentro da área e teve muita calma para marcar o segundo gol.

Quatro minutos depois, a vantagem que já era boa, ficou melhor ainda. Hernani cobrou falta com muita força e estufou as redes de Elisson. Não demorou muito tempo e Hernani deixou o Atlético com um jogador a menos dentro de campo. Mesmo com a desvantagem, o time atleticano conseguiu se segurar na defesa e abriu grande vantagem na final do estadual.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3X0 CORITIBA

Local: Arena da Baixada, em Curitiba.
Data: 01 de maio de 2016.
Horário: 16h.
Árbitro: Rafael Traci (PR).
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR).
Público: 26.357 pagantes/29.074 presentes.

Atlético: Weverton; Léo (Cleberson), Paulo André, Thiago Heleno (Christian Vilches), Sidcley; Deivid, Hernani e Pablo; Nikão, Ewandro (Jadson) e Walter.
Técnico: Paulo Autuori.

Coritiba: Elisson; Reginaldo, Luccas Claro (Walisson Maia), Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo, Thiago Lopes (Ruy) e Vinícius (Leandro); Negueba e Kleber.
Técnico: Gilson Kleina.

Cartões amarelos: Deivid, Paulo André, Christian Vilches e Weverton (CAP); Vinícius e João Paulo (CFC).
Cartão vermelho: Hernani (CAP).
Gols: Thiago Heleno (CAP), aos 7′ do segundo tempo, Ewandro (CAP), aos 19′ do segundo tempo e Hernani (CAP), aos 24′ do segundo tempo.

Confira a galeria de fotos do Atletiba:
Fotos:
Geraldo Bubniak e Monique Vilela

Atletiba 2 Atletiba 3 Atletiba 4 Atletiba 5 Atletiba 6 Atletiba 7 Atletiba 8 Atletiba 9 Atletiba 10 Atletiba

Atletiba 6 Atletiba 11 Atletiba 12

Atletiba 13 Atletiba 14 Atletiba 15

17

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16