Alan Santos pede pés no chão e quer equipe buscando objetivos maiores no Brasileirão (Divulgação/Coritiba)

Com novos ares na boa sequência atual, o Coritiba colocou o período turbulento no passado e tem convivido novamente com a tranquilidade. Vindo de duas vitórias consecutivas, o time tem um compromisso fora de casa, nesta quinta-feira (9), no Maracanã, visando a continuidade da fase positiva e se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, da qual distanciou três pontos após a vitória do último final de semana.

Com um novo momento no Campeonato Brasileiro, o volante Alan Santos ressaltou a retomada da tranquilidade, mas garantiu que a confiança jamais deixou de fazer parte do vocabulário dos atletas alviverdes. “É muito bom estar convivendo com as vitórias. Mas a confiança no trabalho é a mesma na derrota ou na vitória. O trabalho de todos tem sido o melhor possível e o dever foi alcançado. Saímos da zona de rebaixamento, que era o nosso primeiro objetivo. No futebol as coisas mudam em uma semana. Agora é continuar nesta sequência para que cada vez mais a gente venha a se afastar e possa buscar a Sul-Americana”, disse em entrevista coletiva.

Em sintonia com a torcida, que compareceu em peso ao Couto Pereira no último sábado (4), o time se destacou pela vibração e pela entrega na goleada sobre o Avaí, por 4 a 0, resultado que trouxe o conforto de abrir três pontos da zona de rebaixamento. Autor de um dos gols na partida, Alan Santos exaltou a participação do torcedor. “Tocamos no ponto de que seria uma semana que cada jogador tinha que tomar uma iniciativa para mudar a situação. Quando a gente chegou no Couto, fomos recepcionados daquela forma pela torcida e foi uma injeção de ânimo. O que eles fizeram no estádio foi maravilhoso e isso me deu mais energias para recompensá-los”, comentou.

Tentando mudar o foco para a briga por uma vaga na Sul-Americana, o volante alviverde almeja seguir pontuando fora de casa, assim como foi nas últimas duas partidas como visitante, no empate contra o Vasco e vitória diante do Sport. “Temos isso na nossa cabeça, principalmente fora de casa, que se não der para ganhar, não perde. Jogando como visitante, um ponto é muito importante. Temos que somar pontos, pois, no fim do campeonato, isso faz a diferença. Temos dois dias para trabalhar e o Marcelo [Oliveira] vai criar as estratégias para que a gente possa jogar contra o Fluminense conforme a filosofia dele”, concluiu.

A equipe realiza duas atividades em Curitiba e viaja na tarde desta quarta-feira (8) para o Rio de Janeiro, onde vai encarar o Fluminense na quinta (9), às 21h, no Maracanã, em duelo pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira a entrevista coletiva do volante Alan Santos:

O repórter Osmar Antonio está acompanhando a entrevista coletiva dos jogadores Werley e Alan Santos no ct da Graciosa

Posted by Esporte Banda B on Tuesday, November 7, 2017