Com apenas dez minutos de jogo, Coritiba sofreu dois gols e perdeu a oitava partida na Série A (Divulgação/Coritiba)

Bastaram apenas 10 minutos de partida para o Coritiba sofrer mais uma derrota neste Brasileirão.  Luiz Fernando aos três e David Braz aos 10 minutos da primeira etapa fizeram para o Grêmio; Nathan Silva descontou na segunda etapa e o Verdão foi derrotado pelo Grêmio em Porto Alegre por 2 a 1. Com o revés, a equipe comandada por Jorginho, segue na zona de rebaixamento, com apenas 12 pontos em 14 partidas disputadas. Sem tempo para lamentar o tropeço, o Verdão volta a campo pela 15ª rodada do Brasileirão diante do Fortaleza, no próximo sábado (10), às 19h, no Couto Pereira.

O jogo

Pressionados Grêmio e Coritiba buscavam os três pontos para se afastarem das últimas posições. Mas com apenas três minutos, Diogo Barbosa levantou na área e Luiz Fernando subiu mais que a defesa alviverde e de cabeça, abriu o placar. O Tricolor Gaúcho tinha total domínio da partida que era questão de tempo, a ampliação do placar. Sete minutos depois, após cobrança de escanteio, a zaga afastou mal, Pepê aproveitou a sobra a mandou em direção ao gol, mas a bola caiu nos pés de David Braz, em posição legal, apenas deslocou Wilson para ampliar o marcador.

Com o placar adverso e sem levar perigo ao gol do goleiro Vanderlei, o técnico Jorginho mexeu na equipe com menos de 20 minutos. Sacou o jovem Guilherme Biro para a entrada de Giovanni Augusto. Com mais calma, o Coritiba começou a entrar no jogo.  Jogada que passou pelos pés de Matheus Sales e Gabriel chegou até Robson que ajeitou e bateu colocado, direto para fora.

Aos 33 minutos, a melhor jogada ofensiva do Coritiba, Robson recebeu de Martínez, deixou dois marcadores para trás e bateu forte no canto de Vanderlei, belo gol, mas o lance foi revisado pelo VAR e, foi constatado impedimento do camisa 30 coxa-branca, na origem da jogada e o gol foi anulado.

Na segunda etapa, o Grêmio administrou a partida e o Coritiba teve mais domínio de jogo, mas os gols não saíram. Aos 15 minutos, Giovanni Augusto cobrou escanteio na medida para William Matheus que testou pra fora. Dois minutos depois, o camisa 90 fez boa jogada e resolveu testar Vanderlei, que mandou para escanteio. O gol estava maduro. Aos 26 minutos, outro escanteio, desta vez, Giovanni Augusto colocou na cabeça de Nathan Silva, que se antecipou ao goleiro Vanderlei para descontar.

Mas foi o Coritiba descontar, para o Grêmio pressionar em busca de terceiro. Em duas oportunidades, o goleiro Wilson fez duas defesas que evitaram um placar mais elástico para a equipe gaúcha.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2×1 CORITIBA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data: 
Quarta-feira, 07 de outubro de 2020
Horário: 
19h15
Árbitro: 
Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: 
Alex dos Santos (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Árbitro do VAR: 
Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Assistentes do VAR: 
Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique e Robinho (Maicon); Pepê (Marcelo Oliveira), Luiz Fernando (Thaciano) e Diego Souza (Isaque).
Técnico: Renato Portaluppi

Coritiba: Wilson; Natanael, Rodolfo Filemon (Nathan Silva), Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Hugo Moura, Ramón Martínez (Neílton); Guilherme Biro (Giovanni Augusto) e Gabriel (Yan Sasse), Robson
Técnico: Jorginho

Gols: Luiz Fernando aos 3′ do 1ºT, David Braz aos 10′ do 1ºT; Nathan Silva aos 26′ do 2ºT
Cartões amarelos: Paulo Miranda, Matheus Henrique (GRE); Ramón Martínez e Neílton(CFC)