Eduardo Barroca. (Divulgação/Coritiba)

Independente da data de retorno dos jogos no futebol brasileiro, a certeza é que neste primeiro tempo os jogos não terão a presença da torcida. Em entrevista coletiva realizada virtualmente, o técnico Eduardo Barroca admitiu que o Coritiba vai sentir falta dos torcedores nos jogos no estádio Couto Pereira.

“O principal é que todos nós, principalmente neste primeiro momento, vamos sentir a falta do nosso torcedor. Desde quando estou aqui, o torcedor tem apoiado, jogado junto e apoiado. Os jogadores se sentem muito bem jogando ao lado do torcedor. Vamos ter que criar alternativas para se conectar novamente com o torcedor de uma forma que não é adequada. Acredito que logo vamos estar juntos em partidas”, declarou Barroca.

O treinador ainda destacou os números do Campeonato Alemão, no qual os times visitantes estão tendo um melhor aproveitamento, e como o estádio vazio pode ajudar na comunicação com os jogadores. “A gente já está vendo o retorno de algumas competições na Europa e a dinâmica do evento é diferente sem a presença do torcedor. Falando em números, já temos dados que as equipes visitantes têm conseguido resultados melhores sem a presença de público. A participação do treinador acaba tendo uma ação mais direta no jogo já que é um fator limitante para o técnico a comunicação com os jogadores quando o estádio está cheio”, disse.

O Coritiba jogou seis partidas no Couto Pereira sob o comando de Barroca e venceu quatro delas. Apenas na última partida, na goleada por 4 a 0 no clássico com o Athletico, o estádio não recebeu a presença do público.

Assista à entrevista do técnico Eduardo Barroca