Rodrigo Pastana confirmou que clube segue atrás de atacante (Geraldo Bubniak/AGB)

O diretor de futebol do Coritiba Rodrigo Pastana destacou a importância de conquistar o título do Campeonato Paranaense para chegar com a confiança elevada na disputa da Série B, grande objetivo do clube na temporada. Em entrevista à Banda B, em Cascavel, o dirigente ainda ressaltou que o grupo precisa ter uma mentalidade vencedora.

“Eu não acho fundamental, mas acho importantíssimo. Você chega com status de campeão estadual, confiança e um número de vitórias muito grande. Tudo isso ajuda para que a confiança do grupo seja muito maior para iniciar uma Série B. A nossa tabela inicial na Série B é muito difícil. O grupo do ano passado se acostumou a perder. Nós não podemos nos acomodar com o empate, a derrota ou uma partida mal jogada. A gente precisa ter uma mente vencedora”, afirmou Pastana.

Ao contrário dos últimos anos, a Série B terá uma divisão igualitária na cota de televisão. Isso significa que o Coritiba receberá menos que no ano passado na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Por isso, o clube tem que ficar ainda mais atento ao mercado para encontrar jogadores de qualidade que não recebam salários fora da realidade. “A gente sabe que o trabalho desse ano é muito duro, porque tem a questão das cotas. Não tem mais aquele negócio que desce da Série A para a Série B, ou era do famoso Clube dos 13, não tem cota diferenciada. A limitação financeira existe para nós e para os outros clubes. A Série B vai ser mais acirrada. Para a gente iniciar bem a Série B, seria muito importante lutar pelo título paranaense”, disse o dirigente.

“Por ter trabalhado em várias equipes que tinha uma certa limitação financeira, eu também nem olho para jogadores de três dígitos. Eu vejo muitos jogos, adoro ir ao estádio, porque é diferente. Nós também temos um departamento de análise muito eficaz, eles assistem cerca de cinco jogos inteiros por dia e isso facilita o nosso trabalho”, acrescentou o dirigente coxa-branca.