Por Rodrigo Dornelles

O Coritiba pressionou, mas foi o JMalucelli quem saiu com a vitória do Ecoestádio Janguito Malucelli, na tarde deste domingo (13). A equipe alviverde criou oportunidades, sobretudo na etapa inicial, e parou no goleiro Fabrício e na trave e viu o Jotinha sair com a vitória e a liderança do Paranaense.

Coxa perdeu para o Jotinha. (Divulgação/ Coritiba)Coxa perdeu para o Jotinha. (Divulgação/ Coritiba)

Na primeira etapa, a pressão foi total do Coxa, que viu três bolas acertarem a trave do goleiro Fabrício, com Ortega, Negueba e Alan Santos. Mas quem abriu o placar foi o Jota, com Getterson avançando sozinho e tocando na saída do goleiro para definir a vitória.

Vitorioso na tarde deste domingo, o Jotinha agora é o líder do Campeonato Paranaense com 20 pontos ganhos. Na próxima rodada, a equipe encara o Toledo, em casa. Já o Coxa é quarto colocado e tem o clássico Atletiba, na Baixada, no próximo domingo (20).

Coritiba pressiona, mas Jota marca

Em um bom primeiro tempo no Ecoestádio Janguito Malucelli, o Coxa pressionou, atacou, arriscou, mas quem saiu na frente foi o Jotinha. A equipe alviverde assustou desde os primeiros minutos. O atacante Ortega, duas vezes de cabeça, quase abriu o placar, parando na trave e no goleiro Fabrício.

Depois de o centroavante coxa-branca tentar, foi a vez de Negueba arriscar de longe, uma bomba que Fabrício espalmou e a bola explodiu na trave. Apesar da pressão, quem marcou foi o Jotinha. Getterson escapou sozinho, solitário, avançou e tocou na saída de Wilson para abrir o placar. O Verdão ainda assustou mais uma vez, com Alan Santos desviando de cabeça e acertando novamente o travessão.

Time da casa segura vitória e pula para liderança

Se no primeiro tempo sobraram oportunidades para o Coxa marcar, na etapa final as chances foram escassas para ambos os lados. Sem conseguir pressionar em busca do empata, o Verdão viu o Jotinha gastando o tempo. Aos 22 minutos, um lance determinante, o atacante Ortega avançou, foi derrubado pelo zagueiro na entrada da área e o árbitro parou a partida. Mas ele apontou simulação do paraguaio e aplicou o segundo amarelo no jogador coxa-branca, expulsando o atleta.

Já nos minutos finais da partida, o Coritiba apertou no ataque e quase chegou à igualdade no marcador. Em cruzamento da direita de Ceará, o zagueiro Luccas Claro subiu para cabecear forte, no canto, mas o goleiro Fabrício voou para fazer grande defesa e mandar para escanteio. Na cobrança, a bola foi desviada e sobrou para Luccas Claro assustar novamente.

FICHA TÉCNICA

JMALUCELLI 1×0 CORITIBA

Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba.
Data: 13 de março de 2016.
Horário: 16h.
Público e renda: 1.149 pagantes/ 1.297 total/ R$ 43.450,00.

JMalucelli: Fabrício; Cristovam (Geronimo), Alex Fraga, Valdomiro e Diego Prates; Leandro Silva, Camargo, Wellington e Dinélson (Edu Amparo); Getterson e Vinícius.
Técnico: Ary Marques.

Coritiba: Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Benitez (Vinícius); João Paulo (Leandro), Alan Santos, Dudu (Thiago Lopes) e Juan; Negueba e Ortega.
Técnico: Gilson Kleina.

Cartões amarelos: Wellington e Robinho (JMA). Juninho e Ortega (CFC).
Cartão vermelho: Ortega (CFC).
Gol: Getterson aos 35′ do primeiro tempo (JMA).