Jogadores do Coritiba comemoram o gol da vitória. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

A partida já não valia mais nada para o Coritiba, que não atingiu seu grande objetivo, mas a vitória por 1 a 0 contra o Goiás encerrou o jejum de cinco partidas sem vencer na Série B. O gol do triunfo coxa-branca foi marcado pelo zagueiro Rafael Lima, que aproveitou cruzamento de Chiquinho e mandou para as redes.

Para o Coritiba, os três pontos conquistados foram importantes para amenizar o vexame de não brigar por uma vaga para a Série A. Do outro lado, o Goiás perdeu a chance de se aproximar do acesso e ainda pode ver os concorrentes encostarem por um lugar no G4.

Os dois últimos jogos do Coritiba no ano são contra Ponte Preta, na próxima terça-feira (13), e o líder Fortaleza, no dia 24 de novembro.

O jogo

Ao contrário das últimas partidas, o Coritiba foi mais criativo durante o primeiro tempo da partida desta sexta-feira. A melhor chance renderia uma placar para Alecsandro. Aos 31 minutos, o garoto Matheus Bueno deu um belo lançamento para o atacante, que deu um chapéu no goleiro Marcos, mas cabeceou a bola na trave.

Já no segundo tempo, o camisa 9 apareceu novamente em lance de bola na área e o goleiro Marcos se esticou todo para defender. Com o passar do tempo, o Goiás aproveitou as jogadas de velocidade para marcar o gol. Porém, o time esmeraldino errou muito na hora da finalização.

Se o Goiás não aproveitou as chances criadas, o Coritiba foi oportunista na jogada de bola parada. Aos 27 minutos, Chiquinho cobrou falta para o meio da área, Rafael Lima desviou com a perna esquerda e marcou o gol da vitória coxa-branca. Poucos torcedores comemoram a abertura do placar.

Na reta final de jogo, o Coritiba administrou bem a vantagem conquistada e garantiu os três pontos. Mesmo com a vitória, a torcida protestou mais uma vez pela temporada ruim.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X0 GOIÁS

Data: Sexta-feira, 09 de novembro de 2018.
Horário: 21h30.
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS).
Público e renda: 1.129 pagantes/1.235 presentes/R$ 16.705,00.

Coritiba: Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner (William Matheus); Vitor Carvalho, Simião (Júlio Rusch), Chiquinho e Matheus Bueno; Guilherme Parede (Pablo) e Alecsandro.
Técnico: Argel Fucks.

Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David e Ernandes; Gilberto, Giovanni (Renato Cajá) e Felipe Gedoz (Madison); Michael, Lucão e Maranhão (Rafinha).
Técnico: Ney Franco.

Gol: Rafael Lima (CFC), aos 27′ do segundo tempo.
Cartões amarelos:
Lucão e Madison (GOI); Vitor Carvalho, Abner e Júlio Rusch (CFC).