Verdão foi superado de virada pelo Criciúma (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba sofreu um duro golpe na volta da Série B. Depois de sair na frente, o time paranaense foi superado pelo Criciúma, de virada, por 2 a 1, com direito a gol no último minuto de partida, nesta terça-feira (09), no Heriberto Hülse.

Com gol de Thiago Lopes, o Alviverde vencia a partida até os 32 minutos do segundo tempo, quando Léo Gamalho marcou o empate. Um lance de desatenção nos acréscimos do segundo tempo foi capital, com gol marcado por Liel, que fez o time do técnico Umberto Louzer amargar uma derrota no retorno da competição.

O Coritiba volta a campo na próxima terça-feira (16), diante do São Bento, às 19h15, no Couto Pereira, em duelo válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O duelo começou estudado e com equilíbrio entre os times. Aos poucos, o Criciúma se soltou e foi para cima, criando as melhores chances da etapa inicial. Nos primeiros minutos, a equipe carvoeira reclamou de penalidade em lance de Léo Gamalho e assustou com cabeceio de Vinicius.

O Coxa tentou escapar no ataque, mas viu o adversário chegar cada vez mais perto. Aos 25 minutos, Reis subiu sozinho na segunda trave e assustou. Pouco depois, aos 27, foi a vez de Marlon, em cobrança de falta, exigir defesa de Wilson.

A exemplo do que foi bastante reclamado antes da pausa na Série B, o Coritiba pecou na criação e no detalhe final. Aos 32, na melhor jogada trabalhada, Rodrigão pegou mal na bola. Aos 45, Juan Alano saiu cara a cara com o goleiro Luiz, que levou a melhor e evitou o gol alviverde.

Mas o crescimento do Verdão na reta final foi surtir efeito somente no segundo tempo. Logo no primeiro minuto, em ataque pela direita, Rodrigão acionou Thiago Lopes, que finalizou e contou com desvio na marcação para surpreender o goleiro Luiz e abrir o placar.

Após o gol, o ritmo coxa-branca caiu e o Tigre voltou a ter maior liberdade. Pelo alto, Derlan e Reis assustaram. Aos 31 minutos, Julimar também teve boa chance, com cabeceio na pequena área, e Wilson salvou.

Só que o castigo pela queda veio na sequência. Aos 33, Léo Gamalho recebeu na área e bateu rasteiro, na saída de Wilson, para empatar a partida.

O Coritiba tentou a resposta rápida após o gol sofrido. No minuto seguinte, Rodrigão acertou um belo voleio e carimbou a trave direita de Luiz. Aos 42, Luiz Henrique também tentou, mas o chute raspou à trave e assustou.

Mas o pior estava reservado para o final da partida no Heriberto Hülse. Aos 49 minutos, no apagar das luzes, a bola foi cruzada na área e Liel cabeceou no fundo das redes de Wilson, marcando o gol da virada do time catarinense.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 2X1 CORITIBA

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).
Data: Terça-feira, 09 de julho de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG).
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Celso Luiz da Silva (MG).
Público e renda: 2.489 total | R$ 44.265,00.

Criciúma: Luiz; Marcos Vinícius, Platero, Derlan e Marlon; Liel, Wesley e Eduardo (Daniel Costa); Reis, Vinicius (Julimar) e Léo Gamalho.
Técnico: Gilson Kleina.

Coritiba: Wilson; Sávio, Walisson Maia, Sabino e Fabiano; Luiz Henrique, Vitor Carvalho e Thiago Lopes (João Vitor); Juan Alano, Rafinha (Lucas Tocantins) e Rodrigão (Wanderley).
Técnico: Umberto Louzer.

Gol: Thiago Lopes (CFC) a 1′, Léo Gamalho aos 33′ e Liel (CRI) aos 49′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Reis e Wesley (CRI); Wilson, Sabino, Vitor Carvalho e Juan Alano (CFC).