Couto Pereira não teve a presença de público na goleada do Coritiba sobre o Athletico. (Geraldo Bubniak/AGB)

Por conta da pandemia do covid-19, o novo coronavírus, a última rodada da fase de classificação do Campeonato Paranaense foi realizada com portões fechados. Por isso, o Coritiba teve um prejuízo financeiro na goleada por 4 a 0 sobre o Athletico. Segundo o boletim financeiro divulgado no site da Federação Paranaense de Futebol (FPF), o saldo negativo do Coxa, mandante da partida, foi de R$ 67.242,99.

A maior despesa do Coritiba ficou por conta das operações do clube para abrir o estadio, que custaram R$ 58.845,39 aos cofres do clube. Os outros gastos foram para o pagamento da arbitragem.

A expectativa era que o Couto Pereira tivesse o melhor público do Campeonato Paranaense e os ingressos para a torcida do Athletico, visitante no clássico, já estavam esgotados. Porém, a FPF determinou dois dias antes do jogo que o jogo fosse realizado sem a presença do público atendendo a recomendação do Ministério da Saúde.

O Coritiba venceu o clássico por 4 a 0 e terminou a fase de classificação do Campeonato Paranaense na primeira colocação. Já o Athletico caiu da liderança para a terceira posição. Nas quartas de final, o Coxa disputa o clássico com o Paraná e o Rubro-Negro enfrenta o Londrina. Os jogos ainda não têm data para serem realizados.

Confira o borderô do clássico Athletiba

(Reprodução)