Sabino - CoritibaSabino tem contrato somente até dezembro. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba tem um problema para resolver antes mesmo do fim do Campeonato Brasileiro. Doze jogadores, sendo sete titulares, têm contrato somente até dezembro. Ou seja, o vínculo termina com o segundo turno da Série A em andamento.

O zagueiro Rhodolfo, que se recupera de uma lesão muscular, tem contrato com o Coritiba até o dia 15 de dezembro. Já os goleiros Wilson e Alex Muralha, os laterais Patrick Vieira e William Matheus, os zagueiros Sabino, Nathan Silva e Nathan Ribeiro, o volante Matheus Sales, os meias Gabriel e Giovanni Augusto e o atacante Robson possuem vínculo até 31 de dezembro.

Dos jogadores citados, o goleiro Wilson, o lateral-esquerdo William Matheus, os zagueiros Sabino e Nathan Silva, o volante Matheus Sales, o meia Giovanni Augusto e o atacante Robson foram titulares na última rodada do Campeonato Brasileiro contra o Ceará.

Em meio a indefinição sobre a permanência dos jogadores, o Coritiba procura um novo treinador após a saída de Jorginho. O antigo técnico foi demitido com uma campanha de três vitórias, quatro empates e seis derrotas, aproveitamento de somente 33,3%.

Além disso, o Coxa vive um processo eleitoral em 12 de dezembro. Porém, o estatuto do clube não impede que o presidente Samir Namur renove o contrato dos atletas. Outro problema é a ausência do diretor de futebol Paulo Pelaipe, internado na UTI com Covid-19.