Ricardo Oliveira voltou aos treinos após se recuperar da Covid-19. (Divulgação/Coritiba)

O surto do novo coronavírus no elenco do Coritiba parece estar passando. Nesta segunda-feira (23), o Alviverde voltou aos treinos após a derrota por 3 a 1, para o Flamengo no sábado. Rodrigo Santana vai poder contar com vários retornos ao grupo, que já se recuperaram da Covid-19 e cumpriram o isolamento social de 10 dias imposto pela CBF, no protocolo de saúde do Brasileirão.

Após a partida, o treinador do Verdão disse que “é muito difícil [perder jogadores para a Covid] você vir desfalcado, você as vezes ter que improvisar algum jogador ali na situação. O resultado não foi o melhor e a forma como a gente perdeu. O único ponto positivo é que a gente acabou pegando essa Covid no início do segundo turno, então tem muita competição pela frente. A gente espera ter todos à disposição, uma vez que quase todos já pegaram a doença, para o restante da competição”.

No CT da Graciosa, o volante Hugo Moura e o goleiro Alex Muralha, que não viajaram com o grupo por lesão e questões contratuais, respectivamente, apareceram nos gramados. Já o zagueiro Henrique Vermudt, o meio campista Ramon Martinez, além dos atacantes Nathan e Ricardo Oliveira também se reapresentaram no CT e voltaram a treinar com o elenco.

Com as novas peças, Rodrigo Santana poderá não ter a necessidade de improvisar jogadores e Giovanni Augusto, deve voltar ao meio de campo, caso Ricardo Oliveira fique a disposição para a próxima partida, que acontece na quarta-feira (25), às 21h30, contra o Corinthians, no Couto Pereira. Amanhã o time Alviverde realiza a última atividade antes do confronto válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.