A boa vitória por 1×0 sobre o América-MG, na última quarta-feira (19) recolocou o Coritiba na cola do G4 da Série B. Mas, para entrar de fato na briga pela zona de acesso, o Coxa precisa melhorar o seu desempenho como visitante na competição.

Até aqui, em cinco jogos, foram três empates e duas derrotas, com 20% de aproveitamento. Entre os oito primeiros colocados, o Alviverde é o que tem a pior campanha fora de seus domínios. Uma situação que vem se repetindo temporada após temporada.

Em sua estreia no comando do Coritiba, o técnico Fábio Matias conquistou o empate em 1×1 com o Goiás, saindo na frente, tendo chance de ampliar e dominando os minutos finais. Mas, ainda assim, cometendo muitas falhas ao longo do confronto.

Coritiba não quer rótulos

O próximo compromisso do Coxa é justamente como visitante, contra o Amazonas, terça-feira (25), às 21h30, no Carlos Zamith. E o treinador sabe que precisa começar a reação já neste duelo, para não desgarrar do pelotão de cima e, principalmente, ter tranquilidade fora do Couto Pereira, sem rótulos de “time de pijama”.

“Precisamos buscar regularidade. Entendemos isso como uma das situações que precisamos melhorar. Daqui a pouco começa a se criar um rótulo e não é isso que queremos. Até falamos sobre isso após o jogo (contra o América-MG), foi a conversa no vestiário, para buscar a vitória fora de casa. Temos um aproveitamento muito bom em casa, mas se quisermos dar um salto, precisamos buscar fora”, pontuou Matias.

Lance de Goiás x Coritiba, pela Série B
Fábio Matias estreou pelo Coxa com um empate com o Goiás fora de casa. Foto: Divulgação/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Em alta, Coritiba busca acabar com sina fora de casa: “não queremos rótulo”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.