O Coritiba, que treinava desde o final de maio, terá os treinamentos suspensos no CT da Graciosa. A Prefeitura de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, onde o clube treina, acatou o decreto do Governo do Paraná que restringiu diversas atividades por 14 dias. A diretoria coxa-branca só vai se manifestar após ser informada oficialmente.

    “Decreto deve ser cumprido e é bem diferente de recomendação. É um decreto do nosso governador, que está pedindo a ajuda de todos nós. Ninguém está isento neste momento de se cuidar, orientar e pedir para que se tome os cuidados básicos. Essa pandemia se alimenta de contato. Se nós queremos que daqui 15, 20 dias seja amenizado o número de internamentos, só depende de nós”, explicou Antoninho Barth, secretário de Saúde de Colombo.

    Com a decisão de Colombo, o Coritiba se junta ao Athletico com os treinamentos suspensos. A Prefeitura de Curitiba, onde fica o CT do Caju, já tinha suspendido as atividades esportivas na cidade desde o dia 13 de junho e também acatou o último decreto do governador Ratinho Júnior.

    Já o Paraná seguirá normalmente com as suas atividades no CT Ninho da Gralha, em Quatro Barras. O Tricolor conseguiu junto à Prefeitura a liberação para continuar com os trabalhos desde que cumpra todos os protocolos de saúde. O clube ainda se colocou à disposição para fazer novas medidas para dar toda a segurança para atletas, comissão técnica, funcionários e diretoria dentro do seu centro de treinamento.