O Coritiba precisará de um feito inédito para chegar à final do Campeonato Paranaense 2024. O Alviverde nunca conseguiu ao longo de sua história reverter uma desvantagem de dois ou mais gols em um mata-mata. O Coxa perdeu para o Maringá por 2×0, no Willie Davids, pela ida da semifinal, e tentará a virada dentro do Couto Pereira para seguir adiante no Estadual.

No ano passado, o Coritiba ficou na mesma situação no Paranaense. O Alviverde perdeu por 3×1 para o Cascavel, fora de casa, pelas quartas de final, e precisava vencer por três gols de diferença na volta para se classificar, ou igualar o agregado pra levar a decisão para os pênaltis. Contudo, o Coxa não conseguiu a reação e ficou no 0x0 com a Serpente, se despedindo de maneira precoce da competição.

Coritiba ficou perto do feito em 2009

Em 2009, o Coritiba ficou muito próximo de quebrar o tabu. Na ocasião, o Alviverde enfrentou o Vitória, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, e perdeu a ida por 2×0, em Salvador. Na volta, o Coxa devolveu o placar no Couto Pereira e levou a decisão para os pênaltis, Porém, nas penalidades, a equipe baiana levou a melhor por 5×3, após Jéci desperdiçar a última cobrança.

Questionado sobre o retrospecto, o técnico Guto Ferreira não quis se aprofundar, mas mostrou confiança na possibilidade do atual elenco fazer história. “Só é a história depois que acontece. Não aconteceu, ainda”, afirmou. Por conta da data Fifa, o jogo de volta só acontece no dia 27, uma quarta-feira. Até lá, o treinador terá tempo para fazer ajustes no Coritiba, em busca da classificação.

Veja abaixo quando o Coxa ficou atrás por dois gols de diferença:

  • 2023 – Campeonato Paranaense – Quartas de final – Cascavel 3×1 Coritiba e Coritiba 0x0 Cascavel
  • 2016 – Campeonato Paranaense – Final – Athletico 3×0 Coritiba e Coritiba 0x2 Athletico
  • 2015 – Campeonato Paranaense – Final – Operário 2×0 Coritiba e Coritiba 0x3 Operario
  • 2013 – Copa do Brasil – Segunda fase – Nacional-AM 4×1 Coritiba e Coritiba 1×0 Nacional-AM
  • 2012 – Copa do Brasil – Final – Palmeiras 2×0 Coxa e Coxa 1×1 Palmeiras
  • 2009 – Sul-Americana – Primeira Fase – Vitória 2×0 Coxa e Coxa 2×0 Vitória (caiu nos pênaltis)
  • 2009 – Copa do Brasil – Semifinal – Internacional 3×1 Coxa e Coxa 1×0 Internacional
  • 2003 – Copa do Brasil – Primeira Fase – Ituano 2×0 Coxa e Coxa 1×0 Ituano
  • 2001 – Copa dos Campeões – Semifinal – São Paulo 2×0 Coxa e Coxa 1×4 São Paulo
  • 2001 – Copa do Brasil – Semifinal – Grêmio 3×1 Coxa e Coxa 0x1 Grêmio
  • 2001 – Campeonato Paranaense – Semifinal – Paraná Clube 3×1 Coxa e Coxa 2×1 Paraná Clube
  • 2001 – Copa Sul Minas – Final – Coxa 0x2 Cruzeiro e Cruzeiro 3×0 Coxa
  • 1999 – Seletiva pra Libertadores – Segunda Fase – Coxa 1×4 Athletico e Athletico 1×2 Coxa
  • 1999 – Copa do Brasil – Terceira Fase – Bahia 3×0 Coxa e Coxa 1×1 Bahia
  • 1998 – Campeonato Brasileiro – Quartas de final – Portuguesa 3×1 Coxa, Coxa 0x0 Portuguesa e Coritiba 2×2 Portuguesa
  • 1996 – Campeonato Paranaense – Final – Paraná Clube 2×0 Coxa e Coxa 0x1 Paraná Clube
  • 1980 – Campeonato Brasileiro – Semifinal – Coxa 0x2 Flamengo e Flamengo 4×3 Coxa

* Levantamento feito pelo GE

O Coritiba nunca reverteu uma desvantagem de dois gols em mata-matas.
Coxa tentará a virada diante do Maringá, no Couto Pereira. Foto: Gabriel Thá/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Para chegar à final, Coritiba precisará fazer o que nunca conseguiu

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.