Sabino renovou até o fim de fevereiro de 2021. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba está correndo contra o tempo para estender os contratos dos jogadores, que por conta da pandemia, se encerram antes do término do Campeonato Brasileiro da Série A. As renovações já começaram a ser confirmadas no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nas últimas semanas.

Goleiro Wilson, atacante Robson e o meia Giovanni Augusto, renovaram com o clube nos últimos dias. Já o zagueiro Sabino, que pertence ao Santos, vive um imbróglio em torno de sua permanência no clube, nesta sexta-feira (27) o Coritiba confirmou que deve renovar o contrato de empréstimo com o atleta até o fim do Brasileirão em fevereiro. No entanto, o jogador tem propostas do Kashima Reysol, do Japão e há a possibilidade que ele seja emprestado para o clube após o termino da competição.

O Santos é o dono da maior parte dos direitos do Sabino e por isso tem a liberdade de negociar a transferência do jogador, mas precisa pagar ao Coritiba 10% dos valores. As conversas por enquanto se encerraram com a prorrogação do contrato e devem voltar a acontecer em 2021.

No caso do jogador William Matheus, o vínculo ainda não foi renovado e acaba em dezembro de 2020. O atleta recebeu uma proposta do Shimizu, do Japão e pode deixar o clube após o término do contrato neste ano. Coritiba corre nos bastidores para buscar uma alternativa caso o jogador deixe o elenco.