Em meio à busca por um treinador, o diretor Paulo Autuori veio a público falar sobre a situação do Coritiba. Sem trazer novidades em relação a um novo comandante, o dirigente destacou a confiança que tem nos profissionais de dentro do clube e mandou uma mensagem para a torcida. Desde a demissão de Guto Ferreira, o interino James Freitas comanda o Alviverde na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Eu não consigo estar envolvido em um trabalho em que o respeito ao ser humano não é a principal coisa. Antes de ver os atletas e os profissionais, eu vejo pessoas. Jamais vou ter uma atitude que violente o que acredito”, afirmou em entrevista ao canal do clube. Já na sua entrevista de apresentação, Autuori indicou que pretendia dar continuidade a James Freitas no Coritiba. Ambos se conhecem de longa data e trabalharam juntos, inclusive, no Athletico.

Não vou descartar um profissional porque ele não está no seu melhor momento, porque aí estou descartando uma pessoa. Eu não posso pensar que esse profissional não é capaz de fazer determinadas coisas porque estou reduzindo o ser humano. Eu jamais desisto do ser humano e do profissional”, completou. Sob o comando do interino, o Coritiba venceu um jogo, empatou outro e teve uma derrota.

Mudança cada vez menos provável no Coritiba

Após o jogo contra o Novorizontino, James Freitas revelou que tinha um acordo para comandar o Coritiba por três partidas e que o cargo estava em aberto. Segundo informações confirmadas pela Banda B, parte da diretoria alviverde estaria convencida a aproveitar a semana sem jogos para buscar um novo treinador no mercado. Contudo, o desejo parece ser contrário ao de Autuori, indicando uma divergência nos bastidores.

Assim, a tendência é de que James Freitas siga no comando Coritiba na partida diante do Operário, na próxima segunda-feira (27), às 19h, no Couto Pereira. A situação desagrada a torcida coxa-branca, que pressiona pela troca de técnico para a sequência da Série B. Atualmente, o Alviverde ocupa apenas a 12ª posição, com oito pontos, a quatro do G-4, mas também do Z-4 para a Série C.

Apesar disso, Autuori quer a torcida do Coritiba do seu lado. “É importante fazer com que o torcedor entenda o que está sendo feito aqui. E o que está sendo feito não tem a ver apenas com o projeto desportivo, tem a ver com a estabilização do clube como um todo e criar alicerces claros para que esse clube possa estar no lugar que é seu e sempre foi. Essa gestão tem feito e dado ideias claras no dia a dia do que é ter profissionais com o intuito de gerar estabilidade e alcançar objetivos”, concluiu.

Paulo Autuori, diretor técnico do Coritiba
Diretor quer contar com o apoio da torcida. Foto: Ricardo Brejinski/Banda B

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Paulo Autuori indica continuidade de interino no Coritiba: “Não vou descartar”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.