Coritiba paralisou as atividades no CT da Graciosa. (Felipe Dalke/Banda B)

Depois da suspensão do Campeonato Paranaense por tempo indeterminado, o Coritiba decidiu suspender todas as atividades no CT da Graciosa a partir desta terça-feira (16). Os jogadores vão se reapresentar apenas para reunião de conscientização e entrega de cartilhas para seguir durante a pausa.

O presidente Samir Namur explicou como será o trabalho após a paralisação do estadual. “Passamos o dia todo reunimos pra analisar o cenário, que é complicado, mas demanda atenção e compreensão da instituição e dar o máximo de atenção a todas as pessoas que estão aqui, atletas, funcionários, diretoria e conselheiros. O Coritiba foi totalmente favorável à paralisação das partidas do estadual por tempo indeterminado e vai dispensar todos os funcionários”, disse.

“Os atletas vão se reapresentar amanhã [terça] e receberão as orientações sobre procedimentos e cuidados, inclusive os atletas em tratamento médico. Depois, o clube vai avaliando quais decisões tomar conforme as orientações dos órgãos públicos de saúde”, acrescentou.

Depois da goleada por 4 a 0 sobre o Athletico, o técnico Eduardo Barroca já defendia a paralisação do Campeonato Paranaense. “Acho que deveria ser paralisado sim, porque a parte humana não pode ser sobreposta à esportiva. É evidente que isso afeta todos nós e não é bom que atrapalhe e nosso trabalho. Nós todos temos família e estamos pensando nesse difícil cenário”, comentou.