João Carlos Vialle, Pedro Guilherme de Castro e Samir Namur são os candidatos à presidência do Coritiba. (Pedro Melo/Banda B)

O clima ameno marcou o último debate entre os candidatos à presidência do Coritiba antes da eleição que acontece neste sábado (09). Os concorrentes, Samir Namur, da chapa Coritiba do Futuro; Pedro Guilherme de Castro, da chapa Novo Coritiba; e João Carlos Vialle, da chapa Sangue Verde.

Confira os principais trechos do debate:

Samir Namur, da chapa Coritiba do Futuro:

“Presidente do Conselho Deliberativo tem poder de cobrança, mas nunca de gestão. Nunca fiz gestão em nada nesta gestão do Coritiba. O torcedor tem a disposição varias cartas, recomendações formais a diretoria, inclusive ao trabalho do Alex Brasil. Essa é a função de presidente do Conselho. Estive em várias reuniões com o presidente, o próprio Alex Brasil e pessoas do alto escalação. Minha função era cobrança e pedir soluções. Várias vezes após derrotas para o Coritiba, exemplo para o Asa e reservas do Atlético, era o único que ia cobrar o Alex Brasil”.

“Temos sido muito objetivos que nosso diagnóstico vem de um longo processo de discussão que nos dá convicção para as estabelecer. Precisamos de um clube financeiramente equilibrado e priorizar a base. Não podemos radicalizar o nosso planejamento após o rebaixamento. É evidente que o rebaixamento para a Série B demanda algumas readequações, principalmente de ordem financeira. Havia uma proposta de orçamento para a Série A e a partir desta semana estamos tendo readequações. Estima-se perda de receita de cerca de R$ 13,7 milhões com a queda para a Série B e onde vai ‘apertar o cinto’ é no futebol. Mesmo assim, é perfeitamente viável montar uma equipe para subir com sobras para a Série A. Tem necessidade de readequações financeiras, mas nada afeta que o Coritiba vai subir para a Série A em 2018”.

“A postura da diretoria atual tem de estimular especulações, boatos e até com desenhos e maquetes via imprensa é uma postura que nossa chapa repudia. Isso causou prejuízo à imagem do Coritiba e em momentos que a torcida esperava esclarecimento da diretoria, via novo boato de estádio. Não pode falar de novo estádio com a atual realidade financeira. É importante cuidar do nosso Couto Pereira, o Coritiba tem que se adequar ao caderno de encargos da CBF, como por exemplo os vestiários, e tem uma série de melhorias que precisa ser implantada. É uma temeridade falar que vai descumprir o orçamento porque fala quanto deve ser gasto com patrimônio e estádio”.

“O departamento de futebol não pode ficar a cargo do dirigente amador. A queda para a Série B é consequência disso. Eu tenho uma garantia para o torcedor que se o Vialle, o futebol do Coritiba vai continuar da mesma forma. Não vai ter profissionalismo, gestão e conhecimento de mercado e financeiro. No caso das ‘igrejinhas’, vai além do diretor de futebol e isso fica a cargo do gerente de futebol. Tem que contratar um profissional que entenda de futebol. Não é função do presidente conversar com os atletas no vestiário em todos os jogos”.

Pedro Guilherme de Castro, da chapa Novo Coritiba:

“O Coritiba hoje tem uma estruturação de como entendeu como seria formatado o departamento de futebol e resultou em rebaixamento para a segunda divisão. Temos nomes para assumir o cargo de diretor de futebol e ele terá como responsabilidade identificar os atletas necessários. Identificando a necessidade pontual de atleta em determinada pontuação e isso vai chegar até o presidente para ganhar o ‘ok’ na contratação. Nós teremos um diretor de futebol, gerência e supervisão que estamos estruturando. Queremos a comunicação dentro do Coritiba. Os funcionários são contratados e ‘soltos’ e ficam perdidos na forma de trabalhar no Coritiba. Temos que ter conversas com empresários e não podemos ‘fechar os portões’, mas sempre em prol do Coritiba. Sempre tem que fazer uma leitura da necessidade do Coritiba”.

“O nosso CT foi utilizado para uma execução de trabalhista, onde foi questionado os valores. Na nossa gestão, não vamos perder energia com Campina Grande do Sul. Temos que fazer melhorias no nosso CT. Escutei conversa sobre um dos gramados que estava ruim. É um CT que precisamos dar atenção e temos que dar atenção. Não temos que pensar em nosso centro de treinamento porque trabalhos com seriedade e honestidade. Vamos ter reformas pontuais no CT para que os garotos da base também possam utilizar”.

“É muito importante frisar que nossa chapa é independente. Visto que somos independentes, auto patrocinadores e trabalhamos com gestão, podemos trabalhar para contratar profissionais capacitados para gestão. Vamos trabalhar com comissão técnica, departamento de futebol com perfil de comprometimento com o Coritiba. O que temos notado é que não tem união no Coritiba e obviamente vamos analisar um perfil que conheça a Série B. Os atletas precisam passar por um procedimento de contratação e isso tem que efetivamente acontecer. Depois de identificar as necessidades de um atleta e vai passar por um departamento que acompanhará o perfil dele. Ainda passará pelo departamento médico e jurídico para depois passar pela aprovação da presidência”.

“O projeto para a Série B tem que ser diferente daquele feito se tivéssemos permanecido na Série A. Toda a estrutura muda, as receitas, despesas mudam e temos outro perfil e tipo de comprometimento. A estrutura como um todo precisa ter um foco e tenho repetido sobre as metas. Não é promessa, mas metas. Vamos subir no primeiro ano, a manutenção para o segundo ano na Série A e teremos como meta a Libertadores para o terceiro ano. Não queremos mais sofrer”.

João Carlos Vialle, da chapa Sangue Verde:

“Um clube que está na segunda divisão, tem projeto de receber cerca de R$ 200 milhões do Esporte Interativo, precisa fazer investimento para voltar à primeira divisão. Não vejo problemas de usar R$ 10, 20 ou 30 milhões para subirmos à Série A. Quando fomos campeões em 2007, tínhamos vários campeões na base e vamos fazer de novo neste ano. Vamos fazer investimento maciço na base, misturar com experiente e não existe grandes clubes com ligações para empresários. A parte financeira sera administrada pelo [Renato] Follador e o Joel Malucelli estará do nosso lado. Vários ex-presidentes estarão conosco”.

“É muito fácil criticar as pessoas que estiveram no comando do Coritiba. Temos que ter agradecimento muito grande por quem já trabalhou no clube. O ‘amador’ e ‘retrógrado’ João Carlos Vialle, que muitos chamam de dinossauro, foi campeão brasileiro duas vezes. Existe um grupo de clubes formados por Santos, Bahia, Coritiba, Atlético e agora o Internacional que está discutindo o contrato com a Rede Globo. Vamos conseguir verbas superiores e utilizar essa verba no futebol profissional. Eu vou assumir o clube no dia 14 de dezembro preparado para as áreas financeiras. Não se preocupe, torcedor, que não vamos fazer nenhuma loucura e ao final da nossa gestão vamos colocar o Coritiba como top 10 do futebol brasileiro”.

“Ninguém é dono da verdade e sabe tudo. Vialle terá especialistas ao seu lado. O Profut é para adequar as finanças do clube, parcelamento em até 240 meses e perdão de 70% da dívida, aproximadamente. Ouvi que deveria me preocupar com futebol, mas não precisava com as dívidas. É inverídico que não vou obedecer o orçamento e vamos nos unir para trazer valores maiores para investir no futebol”.

“Série B é totalmente diferente. É um campeonato de força e muda totalmente. Falar que precisa fazer pequenas adequações é para quem vive apenas da teoria. O Vialle vai fazer do Coritiba uma equipe vencedora e não vai fugir do orçamento. E vamos fazer do Coritiba top 10 do futebol brasileiro e podem me cobrar isso. Eu assumo a presidência do Coritiba, vou dizer aos dois candidatos que temos divergências no ponto de vista em relação de ideias, mas não somos inimigos. Temos o Coritiba jovem que vai priorizar a formação de gestores para o Coritiba. Futebol é para gente experiente e só estou falando de fatos concretos feitos por João Carlos Vialle. Lá pela 4ª, ¢ª e 6ª rodada do segundo turno, nós estaremos de volta à Série A”.

Assista o debate na íntegra:

AO VIVO!!!!! DEBATE DE CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DO CORITIBA!!!!!Assista o debate entre os candidatos à presidência do Coritiba entre Samir Namur, João Carlos Vialle e Pedro Castro

Posted by Portal Banda B on Friday, December 8, 2017