Sassá começou entre os titulares diante do Bahia. Foto: Twitter/Coritiba

No estádio de Pituaçu, o Coritiba foi derrotado pelo Bahia por 1 a 0, gol marcado pelo meia Rodriguinho, em cobrança de pênalti. Na próxima rodada, Coritiba volta a campo no próximo sábado (15), às 19h30 diante do atual campeão brasileiro, o Flamengo. Já o Bahia, joga novamente em Pituaçu, no domingo (16), às 16 horas.

O Coritiba foi até Salvador em busca da primeira vitória na Série A, Eduardo Barroca fez duas alterações em relação ao jogo anterior. Natanael e Sassá começaram como titulares. Nos cinco primeiros minutos de jogo, o Coritiba criou duas oportunidades e poderia ter aberto o placar. Com menos de 30 segundos de jogo, Matheus Galdezani arriscou de longe e assustou o goleiro Douglas. Na sequência, Robson finalizou e a bola explodiu no travessão.

Aos poucos, a equipe do Bahia foi tomando o controle da partida e era na base do contra-ataque que o Tricolor da Boa Terra levou perigo. Élber recebeu lançamento nas costas de Rodolfo Filemon, o camisa 7 avançou mas o chute saiu fraco nas mãos do goleiro Wilson. Aos 26 minutos, inversão de bola da direita para a esquerda, Juninho Capixaba, livre de marcação, emendou de primeira, mas o camisa 84 encaixou.

E quando o primeiro tempo se encaminhava para o empate, o Coritiba tinha um escanteio a seu favor, mas a cobrança saiu errado, o Bahia aproveitou o contra-ataque, Rodriguinho recebeu e quando fez o corte, foi derrubado por Sassá dentro da área, pênalti. O camisa 10 da equipe baiana esbanjou categoria e de cavadinha, abriu o placar.  A situação poderia ser ainda pior no fim da primeira etapa. O mesmo Rodriguinho, em cobrança de falta levou perigo, mas a bola foi para a linha de fundo.

Para tentar melhorar o apoio pelo lado direito, no intervalo, Eduardo Barroca promoveu a estreia de Jonathan no lugar de Natanael. O Bahia diminuiu o ritmo de jogo e o Coritiba cresceu na partida. Em lances de bola parada era o caminho em busca do empate, na primeira tentativa, Sabino subiu soberano, cabeceou mas a bola tocou na trave e saiu, já na sequência, Galdezani cobrou escanteio na primeira trave e na confusão, a defesa Tricolor afastou.

Com o Coritiba todo no ataque, o Bahia tinha a disposição o contra-ataque. A equipe de Roger Machado teve duas oportunidades,  mas não conseguiu concluir em gol.

 

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1X0 CORITIBA

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador
Data: Quarta-feira, 12 de agosto de 2020
Horário: 20h30
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza – FIFA -SP
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes de Vídeo: Rafael Gomes Felix da Silva (SP) e  Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba (Zeca); Ronaldo, Flávio e Daniel (Marco Antônio); Rodriguinho (Alesson), Élber e Rossi (Saldanha).
Técnico: Roger Machado

Coritiba: Wilson; Natanael (Jonathan), Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Nathan Silva (Renê Júnior), Matheus Galdezani (Luiz Henrique) e Ruy (Yan Sasse); Igor Jesus, Sassá (Nathan Fogaça) e Robson
Técnico: Eduardo Barroca

Gols: Rodriguinho aos 40 minutos do 1º tempo
Cartões amarelos: Rodolfo Filemon, Sassá, Matheus Galdezani, Nathan Silva e Yan Sasse(CFC)