O atacante Diogo Oliveira não faz mais parte do elenco do Coritiba. O jogador teve seu contrato de empréstimo encerrado na última quarta-feira (5) e, mesmo sem ter jogado uma única vez em 2024, ainda fazia parte do elenco, se recuperando de uma lesão.

O atleta se machucou no empate em 0x0 do Coxa com o Botafogo, pela 36ª rodada do Brasileirão do ano passado. Na ocasião, sofreu uma ruptura no tendão, passando por uma cirurgia. Mesmo fora dos planos da diretoria e da comissão técnica, não poderia ser liberado antes de estar 100% recuperado.

Aos 27 anos, Diogo Oliveira chegou por empréstimo do Plaza Colonia, do Uruguai, em julho do ano passado. No total, foram 15 partidas, sendo nove como titular, com apenas um gol marcado, uma assistência, e uma reta final de passagem marcada por polêmica.

Começo animador no Coritiba

Logo na estreia com a camisa aliverde, o jogador deixou a sua marca, fazendo um dos gols da vitória por 2×0 sobre o Fluminense, no Couto Pereira. No jogo seguinte, na goleada sofrida por 4×1 para o Botafogo no Nilton Santos, foi dele a assistência para o gol de Bruno Gomes.

Um início que contou muito com uma emoção do próprio Diogo Oliveira. Após a estreia contra o Fluminense, ele lembrou do período em que quase abandonou a carreira para ser chapeiro.

Briga marcou passagem

Sò que já na reta final do Brasileirão, na vitória por 2×1 sobre o Atlético-MG, no dia 8 de outubro, veio o que mais marcou a passagem do atacante pelo Coritiba. Naquele duelo, ele discutiu com o zagueiro Kuscevic dentro do gramado e acabou acertando uma cabeçada no chileno, que fraturou o rosto e ficou algumas partidas de fora.

Na ocasião, o clube negou tal fato, mas dias depois algumas imagens confirmaram o acontecido. O Coxa tratou o incidente como uma situação normal em um ambiente de trabalho e não tomou nenhuma atitude, tanto que Diogo Oliveira seguiu sendo utilizado até se lesionar, ficando fora dos planos somente em 2024.

Diogo Oliveira comemora gol pelo Coritiba
Diogo Oliveira deixa o Coxa com um gol em 15 jogos. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Briga, comoção e poucos gols. Coritiba libera atacante após 2023 conturbado

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.