Em busca de um novo CEO, após a saída de Carlos Amodeo, o Coritiba tem um ex-Cruzeiro como o principal candidato: Gabriel Lima, que ocupou a mesma função no Cruzeiro, de onde saiu no final de junho. A informação inicial é da jornalista Nadja Mauad, do ge.globo.

Gabriel era uma espécie de homem de confiança de Ronaldo, ex-dono da SAF da Raposa. Chegou ao time mineiro no começo de 2022, logo que o Fenômeno comprou as ações do clube. Lá, acompanhou de perto questões de bastidores, como utilização de estádios em Belo Horizonte e também na questão da recuperação judicial da associação cruzeirense.

Após Ronaldo ter vendido a SAF do Cruzeiro para Pedro Lourenço, o dirigente seguiu no cargo, mas mais para seguir os trâmites da negociação entre as partes. Concluída toda a venda, ele deixou a Raposa.

Coritiba busca vários ex-Cruzeiro

Nos últimos meses, o Coxa buscou no Cruzeiro diversos funcionários, que chegaram justamente após Ronaldo ir embora da Raposa. O primeiro foi Marcos Menezes, que chefiava o departamento de análise de mercado do time mineiro e assumiu o Centro de Inteligência e Análise Desportiva (CIAD) do Alviverde.

Na sequência, foi a vez de Paulo Autuori, que é o atual diretor de futebol do Coritiba. Inclusive, ter Autuori na diretoria seria algo que facilitaria a contratação de Gabriel Lima, que nos últimos dias chegou a ser procurado também pelo Vasco.

Paulo Autuori, diretor do Coritiba, e Gabriel Lima, nos tempos de Cruzeiro
Paulo Autuori trabalhou com Gabriel Lima no Cruzeiro. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Coritiba mira em outro ex-Cruzeiro para ocupar cargo de Carlos Amodeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.