Igor Paixão marcou o primeiro gol do Paranaense 2022. Foto: Divulgação/Coritiba

Em uma tarde de sábado (22) quente e diante de pouco mais de 6 mil torcedores, o Coritiba largou com o pé direito no Campeonato Paranaense. No Couto Pereira, o Verdão contou com o faro de gol de um prata da casa para faturar os primeiros três pontos com a vitória de 1 a 0 sobre o Cianorte.

Ao longo dos 90 minutos, o Coxa foi soberano e teve as melhores oportunidades. Quando o Leão do Vale do Ivaí quis assustar, em uma única oportunidade, o goleiro Alex Muralha apareceu muito bem. Pela etapa inicial, tudo indicava que o triunfo dos donos da casa viria de um recém-contratado.

Alef Manga infernizou a defesa visitante, mas a bola não quis entrar. Melhor sorte teve Igor Paixão, cria do clube e que, quando a defesa do Cianorte falhou, não perdoou. Festa alviverde no Alto da Glória. Sobrou tempo ainda para lesão da arbitragem, mais estreias e uma boa impressão para o torcedor coxa-branca.

O próximo compromisso do Coritiba no Estadual é na próxima quinta-feira (27), às 21h30, contra o Operário no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Já o Leão do Vale recebe o Rio Branco no mesmo dia, mas às 19h, no Estádio Albino Turbay.

Alef Manga é o nome dele

Os dez gols anotados com a camisa do Goiás na Série B do Brasileirão chamaram a atenção da diretoria do Coritiba, que trouxe o jogador como uma das caras novas para a temporada. E nos 45 minutos iniciais, apesar de ser o primeiro jogo oficial do ano, ele mostrou a que veio diante do público que foi ao Alto da Glória.

O Coxa jogou com os dois laterais, Natanael e Egídio, bastante soltos para o ataque. A proposta do time do técnico Gustavo Morínigo poderia dar espaço para contragolpes ao Cianorte, porém os visitantes não conseguiram criar grandes situações. A principal veio aos nove minutos, em um erro alviverde.

O zagueiro Márcio Silva errou na saída de bola, Grafite aproveitou e arrematou para ótima defesa de Alex Muralha, que tenta se firmar depois da saída do veterano Wilson do clube. O arqueiro praticamente não trabalharia mais no primeiro tempo, em uma partida morna, de muito estudo, marcação e erros em jogadas ofensivas de lado a lado.

Contudo, o Coritiba foi melhor durante todo o tempo, errando no momento final, fosse o passe ou o chute contra o gol de Gleibson, que fez ao menos duas defesas importantes. O Alviverde chegou a balançar as redes ao Leão do Vale, aos 16 minutos, mas Alef Manga estava em posição de impedimento. O atacante ainda teria mais uma chance, parado pelo camisa 1 do Cianorte.

Alef Manga brigou e tentou, mas gol não saiu na etapa inicial. Foto: Divulgação/Coritiba

A impressão para o torcedor coxa-branca é de que a equipe estava por detalhes de obter uma vitória no Couto Pereira.

Prata da casa resolve no Couto

Sem alterações, os dois times retornaram para o segundo tempo e, ao longo dos primeiros dez minutos, nenhuma emoção. O comandante do Coxa foi o primeiro a mexer, colocando o atacante Luizão, cria das categorias de base do clube, no lugar de Nathan Fogaça. Com Alef Manga mais solto para se movimentar, o volume do Verdão cresceu no setor ofensivo.

Minuto a minuto, o Coritiba foi encurralando o Cianorte, faltas se seguiram (o time visitante levou dois amarelos em menos de dois minutos) e a torcida podia sentir que o gol estava se aproximando. E ele veio aos 19 minutos, quando a zaga do Leão do Vale falhou e outro prata da casa, Igor Paixão, empurrou para as redes.

O Cianorte mexeu na equipe, porém as alterações pouco resultado prático tiveram. Ao invés dos visitantes terem chance de empatar, o Coxa seguiu dominando a posse de bola e as ações em campo. Morínigo promoveu ainda a estreia do meia Régis, um dos cotados para ser titular absoluto ao longo da temporada e o domínio alviverde prosseguiu.

Igor Paixão fez o gol da vitória coxa-branca. Foto: Divulgação/Coritiba

Aos 30 minutos, o árbitro André Felipe Olivério sentiu a parte posterior da coxa e foi substituído pelo quarto árbitro, Luís Casagrande. No gramado, o domínio coritibano deu espaço para mais alterações dos dois lados, mas nada que alterasse o marcador, que seguiu inalterado até o final.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Prata da casa resolve e Coritiba estreia com vitória sobre o Cianorte no Estadual

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.