Zé Rafael foi contratado pelo Palmeiras (Felipe Oliveira/EC Bahia)

A venda do meia Zé Rafael, que estava no Bahia, para o Palmeiras, vai render uma quantia financeira para o Coritiba e também para o Trieste, time amador da cidade. O Coxa receberá R$ 3 milhões para ceder os 30% dos direitos econômicos restantes, enquanto a equipe amadora ficará com R$ 1,2 milhão do montante.

Criado nas categorias de base alviverde, o meia foi negociado pelo Bahia com o clube paulista por R$ 14,5 milhões, considerada a transação mais alta da história do Tricolor de Aço. O time baiano repassou os 70% dos direitos econômicos adquiridos ante o Londrina, em janeiro de 2017.

O Palmeiras tinha a prioridade de compra de Zé Rafael desde o início deste ano, quando emprestou o meia argentino Allione ao Bahia.

O meio-campista tem 25 anos e já vestiu as camisas de Londrina e Novo Hamburgo. Com a camisa do Bahia, foram 127 jogos, com 18 gols marcados e dois títulos: Copa do Nordeste 2017 e Campeonato Baiano de 2018.