Coxa foi derrotado pelo Figueirense (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba sofreu a sua segunda derrota no Brasileirão de Aspirantes, na tarde desta quinta-feira (20), ao ser superado pelo Figueirense, por 3 a 0, no EcoEstádio Janguito Malucelli, em duelo válido pela quinta rodada da competição. Com o resultado, o time paranaense não conseguiu a vaga antecipada à próxima fase.

Estreante da tarde, o técnico Ricardo Quandt mandou o Verdão a campo com Rafael Martins; Yan Couto, Henrique Vermudt, Léo Andrade e Vinicius Araújo; Matheus Bueno, Anderson, Kady, Igor Paixão, Talysson Lalau e Pablo Thomaz.

Com um primeiro tempo equilibrado, o Figueirense abriu o placar já aos oito minutos, com gol marcado por Victor Guilherme. O segundo veio somente na etapa final. Aos 15, Wesley ampliou e, aos 26, Bruno fechou a conta para os catarinenses.

Com o revés, o Coxa estacionou nos nove pontos e não pode alcançar a vaga antecipada para a próxima fase. O time volta a campo contra o Sport, na próxima quinta-feira (27), às 15h (de Brasília), em Recife.

Quandt lamenta revés

Após a estreia com derrota, o técnico Ricardo Quandt valorizou a atuação da equipe e o mérito do Figueirense no placar. “Sofremos o gol cedo, num equívoco nosso. Mas fizemos um bom primeiro tempo, equilibrado. Fomos abaixo no segundo tempo e eles mereceram a vitória pelo futebol que praticaram”, analisou.

Projetando a próxima partida, que pode dar a classificação para o Coritiba, o treinador ainda enalteceu o bom desempenho que o time tem apresentado no Brasileiro de Aspirantes. “Eu digo sempre que o ganhar e perder é resultado do jogo. O importante é que temos jogado de igual para igual com a maioria das equipes do Brasil. Agora é bola para a frente. Quando a gente ganha, nem tudo está certo. Quando perde, nem tudo está errado”, concluiu.