Pleito de 2017 teve cerca de 3.000 torcedores votantes. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba entra na reta final para a realização do pleito de votação para a escolha da gestão de 2021/2023. Foram três chapas inscritas para participar da disputa: “Coritiba Responsável”, encabeçada pelo atual presidente, Samir Namur, “União Coxa”, de João Carlos Vialle e “Coritiba Ideal”, de Renato Follador.

A votação presidencial está marcada para o próximo dia 12 de dezembro, das 10h às 16h, no Couto Pereira, e será realizada tanto pelo modelo “drive-thru”, para atender os votantes com comorbidades e idosos, quanto presencial na sede. Segundo divulgado pelo Coritiba nesta terça-feira (8) o clube possui 5.129 sócios aptos a participarem da votação e da eleição. O nome dos torcedores está disponível em listagem no site do clube.

Para estar dentro dos critérios, os torcedores precisam ter mais de 18 anos, ter pelo menos dois anos e um dia como sócios e estarem em dia com as mensalidades, conforme previsto pelo Estatuto do Torcedor do Coritiba.

No dia 12 de dezembro, os associados vão escolher o novo presidente e o conselho deliberativo que deverá comandar o Verdão por três anos. No dia 14 de dezembro, está prevista a posse presidencial e da nova diretoria.