Por Rodrigo Dornelles

Coxa controlou o jogo e venceu o Atlético por 2 a 0. (Divulgação/ Coritiba)Coxa controlou o jogo e venceu o Atlético por 2 a 0. (Divulgação/ Coritiba)

O Coritiba conseguiu uma importante vitória na noite deste domingo (20), no Couto Pereira. O Coxa dominou o jogo, aproveitou suas chances e fez 2 a 0 sobre o rival Atlético. A vitória, construída com gols de Henrique e Negueba, garante o Verdão fora da zona de rebaixamento. Já o Furacão chega à terceira derrota consecutiva no Brasileirão.

Melhor durante quase toda a partida, o Alviverde aproveitou as chances criadas para sacramentar a vitória no Atletiba. O Coxa abriu vantagem na primeira etapa com Henrique e ampliou com Negueba. Na etapa final, Furacão tentou buscar o empate, mas o Verdão administrou bem o resultado e segurou a vitória.

Com os três pontos conquistados, o Coritiba chega aos 33 e sobe para a 14ª colocação, dois pontos a frente da Chapecoense, primeira equipe no Z4. Na próxima rodada, o Coxa encara o Cruzeiro, domigo (27), fora de casa. Já o Atlético, com a terceira derrota consecutiva, segue com 38 pontos, em 9º lugar. O Rubro-negro agora volta suas atenções para a Copa Sul-Americana. O time encara o Brasília, quarta-feira (23), na Arena da Baixada, em partida de ida das oitavas de final.

Coxa abre vantagem

Os primeiros minutos de partida foram movimentados e equilibrados no Couto Pereira. As duas equipes brigando muito pela bola. O Coritiba começou melhor, ganhando o meio-campo e conseguindo controlar as ações. Logo aos 12 minutos, Negueba serviu Henrique na entrada da área, o atacante fuzilou e estufou a rede de Weverton.

Depois do gol alviverde, o Furacão tentou responder e pediu pênalti em lance que a bola toca no braço de Negueba na área, mas o árbitro mandou seguir. Pouco tempo depois, Walter escapou sozinho, carregou por todo o campo e ficou de frente com o goleiro Wilson, mas mandou para fora. Para piorar, o atacante sentiu dores na coxa e pediu para ser substituído. Após o lance, o Verdão voltou a dominar o jogo e Lúcio Flávio descolou um belo passe para Negueba na área, ele dominou e mandou forte, para ampliar a vantagem coxa-branca no clássico.

Furacão tenta reagir, mas Coritiba controla resultado

Assim como no primeiro tempo, a etapa final começou com tudo. O Atlético quase descontou em lance de Ewandro, que entrou no intervalo. O atacante foi lançado e tocou de bico, deslocando o goleiro Wilson. A bola bateu na trave coxa-branca e saiu. Em resposta, Carlinhos fez ótima jogada e o Verdão teve o ataque com 3 contra 1, mas o lateral resolvu arriscar sozinho e mandou para fora.

Já nos minutos finais de partida, Rafhael Lucas fez boa jogada de contra-ataque e teve a oportunidade de fazer o terceiro para o Coritiba, mas acabou finalizando para fora. O Furacão teve uma boa chance em cabeceio de Vilches, mas Wilson fez boa defesa e garantiu o placar.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2×0 ATLÉTICO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba.
Data: 20 de setembro de 2015.
Horário: 18h30.
Público e renda: 30.867 pagantes/ 34.287 total/ R$ 724.950,00.

Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Walisson, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos (Juan) e Lúcio Flávio; Negueba (Paulinho), Henrique e Kléber (Rafhael Lucas).
Técnico: Ney Franco.

Atlético: Weverton; Eduardo (Cryzan), Kadu, Vilches e Sidcley; Otávio, Deivid (Ewandro), Marcos Guilherme, Daniel Hernández e Nikão; Walter (Dellatorre).
Técnico: Milton Mendes.

Cartões amarelos: João Paulo, Paulinho, Juan, Leandro Silva, Negueba, Rafhael Lucas e Henrique (CFC). Kadu, Hernández e Otávio (CAP).
Cartão vermelho: Lúcio Flávio (CFC).
Gols: Henrique aos 12′ do primeiro tempo e Negueba aos 44′ do primeiro tempo (CFC).