Werley e Cléber Reis fizeram os gols do Coritiba. (Celso Pupo/Estadão Conteúdo)

Em mais um confronto direto, o Coritiba conquistou ponto importante fora de casa ao empatar em 2 a 2 com o Fluminense e aumentou a vantagem para a zona de rebaixamento. Com o empate, o Coxa ficou a três pontos do Sport e completou cinco jogos sem perder (três vitórias e dois empates).

O Coritiba agora tem duas partidas dentro do estádio Couto Pereira para escapar de vez da parte debaixo da tabela de classificação. O primeiro deles será já no próximo domingo (12) contra a Ponte Preta, outro time que disputa pela permanência.

Na saída de campo, o lateral-esquerdo Thiago Carleto lamentou o resultado e admitiu que o Coxa poderia ter conquistado os três pontos. “Pelas circunstancias da partida, a gente não sai da satisfeito. Tomamos dois gols bobos, tivemos a bola no chão e até poderíamos ter ‘matado’ o jogo. Saímos daqui cm um gosto amargo”, comentou.

Coritiba abre o placar nos minutos finais do primeiro tempo

Precisando do resultado para sonhar ainda com uma vaga na Libertadores, o Fluminense começou melhor na partida e até abriu o placar aos três minutos com Marcos Júnior, mas o assistente marcou impedimento. Já aos 4, Douglas arriscou de fora da área e foi a vez do goleiro Wilson salvar o Coritiba com uma boa defesa no canto.

O Coritiba chegou pela primeira vez aos sete minutos em chute de Thiago Carleto que Diego Cavalieri mandou para escanteio. O lateral apareceu novamente apenas na reta final do primeiro e desta vez iniciou a jogada que resultou no primeiro gol. Após cobrança de escanteio, Alan Santos ajeitou de cabeça e Werley apenas completou para o fundo das redes.

Coxa sofre a vitória, mas consegue o empate

O segundo tempo começou equilibrado, mas bastou um vacilo da defesa coxa-branca para o Fluminense chegar ao empate. Aos 9 minutos, a bola foi levantada na área, Henrique Dourado ajeitou de cabeça e Cléber Reis marcou contra. No minuto seguinte, os zagueiros erraram novamente em jogada aérea e Henrique Dourado teve trabalho apenas de cabecear para o fundo das redes.

A equipe alviverde não se abateu com os gols sofridos e usou novamente a força da bola parada para empatar a partida. Thiago Carleto cobrou escanteio no meio da área, Cléber Reis subiu mais que todo mundo e empatou novamente o jogo. O Coxa ainda teve a chance de virada a partida com Kleber que recebeu na esquerda, cortou o marcador e chutou forte, mas o volante Wendel salvou.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X CORITIBA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).
Data: Quinta-feira, 9 de novembro de 2017.
Horário: 21h.
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG).
Público e renda: 9.597 pagantes/10.908 presentes/R$ 195.785,00.

Fluminense: Diego Cavalieri; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique e Marlon; Mateus Norton (Wendel); Gustavo Scarpa, Douglas, Sornoza e Marcos Júnior (Wellington Silva); Henrique Dourado.
Técnico: Abel Braga.

Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cléber Reis e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos, Yan Sasse (Getterson) e Tiago Real; Rildo (Kleber) e Henrique Almeida.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Cartões amarelos: Henrique Almeida, Rildo, Matheus Galdezani, Tiago Real e Getterson (CFC).
Gols: Werley (CFC), aos 43′ do primeiro tempo, Cléber Reis (FLU), contra, aos 9′ do segundo tempo, Henrique Dourado (FLU), aos 11′ do segundo tempo, e Cléber Reis (CFC), aos 24′ do segundo tempo.