Ouça os gols da vitória do Coritiba na narração de Caio Júnior:

Coritiba venceu o Brasil de Pelotas no Couto Pereira (Geraldo Bubniak/AGB)

O Coritiba segue na caça à liderança da Série B. O time se manteve na segunda colocação da competição e ampliou a sequência para sete jogos de invencibilidade, na noite desta terça-feira (13), ao derrotar o Brasil de Pelotas, por 2 a 0, no Couto Pereira. Com o resultado, o Alviverde foi aos 29 pontos e segue a apenas dois de distância do líder Bragantino.

Mesmo que com amplo domínio, o Coxa teve que superar o jogo duro feito pela equipe gaúcha para chegar a mais uma vitória no campeonato. O placar foi construído na segunda etapa, primeiro com o zagueiro Sabino aproveitando cobrança de falta de Juan Alano, e depois com Robson, fechando o triunfo com assistência do artilheiro Rodrigão.

O Verdão volta a campo na próxima segunda-feira (19), às 20h, diante do Oeste, na Arena Barueri, em jogo válido pela 17ª rodada daa Série B do Brasileirão.

O jogo

Com um início tímido e bastante estudado dos dois lados, aos poucos o duelo passou a ser controlado pelo Coritiba. Marcando alto, o time do técnico Umberto Louzer conseguiu encaixar seus ataques através de roubadas de bola no meio-campo, criando a maior parte das chances claras no primeiro tempo.

As primeiras chegadas foram com o artilheiro Rodrigão. Aos nove minutos, o camisa 9 arrancou na frente e finalizou com perigo à esquerda da trave. Mais tarde, aos 21, pelo alto o atacante exigiu boa defesa do goleiro.

Girando a bola e criando com paciência, o Verdão ameaçou mais duas vezes, com chutes de Robson e Thiago Lopes, e só não balançou as redes porque encontrou Carlos Eduardo, que fez duas grandes defesas. Nos acréscimos, o Brasil de Pelotas ainda teve tempo de assustar, com o atacante Cristian. Aos 47, ele fez boa jogada, limpou a marcação e parou no goleiro Alex Muralha.

Embalado pela chance que teve no final da primeira etapa, o Xavante teve outra oportunidade, aos 11 do segundo tempo, em chute de Leandro Camilo que obrigou bela defesa de Muralha. Mas foi outro zagueiro que brilhou e tirou o zero do placar. Aos 17, na primeira chegada coxa-branca, Juan Alano cobrou falta na área e Sabino apareceu livre para desviar e mandar no fundo das redes da equipe gaúcha.

A vantagem deu ainda mais conforto para o Coritiba, que seguiu controlando o jogo e não deu brechas para o adversário buscar o empate. Na garganta do Brasil de Pelotas, os mandantes por pouco não ampliou aos 28 minutos, em chances de Juan Alano, Thiago Lopes e Rodrigão no mesmo lance. Mas, na sequência, o dinâmico ataque alviverde não perdoou. Em rápida trama, Rafinha serviu Rodrigão, que fez o giro e deu assistência para Robson marcar o segundo e último gol da oitava vitória coxa-branca na Série B.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2X0 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: Terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG).
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Marcyano da Silva Vicente (MG).
Público e renda: 15.489 pagantes | 16.854 total | R$ 234.474,00.

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano, Giovanni (Rafinha); Thiago Lopes (Wellissol), Robson e Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer.

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ricardo Luiz, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Ednei; Leandro Leite (Elias), Cristian (Branquinho) e Carlos Jatobá; Murilo Rangel, Diogo Oliveira e Rafael Grampola (Eduardo Person).
Técnico: Bolívar.

Gols: Sabino aos 18′ e Robson (CFC) aos 32′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Ricardo Luiz, Ednei e Cristian (BRA).