Verdão ficou no empate com o Figueirense em Florianópolis (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba perdeu mais uma chance de construir uma vantagem tranquila dentro do G4, na noite desta sexta-feira (08), no empate com o Figueirense, em 1 a 1, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com o resultado, o Alviverde foi aos 54 pontos, assumiu provisoriamente a terceira colocação, e manteve dois pontos de distância para o quinto colocado da Série B.

O Verdão volta a campo na próxima terça-feira (12), às 19h15, diante do Brasil de Pelotas-RS, fora de casa, pela 35ª rodada da competição.

O jogo

O primeiro tempo foi de boas oportunidades para ambos os lados. O Coritiba criou, ameaçou com Juan Alano, Robson em cabeceio livre que passou perto da trave e em chute de Giovanni que carimbou a trave. Mas foi o Figueirense quem teve as melhores oportunidades. Sempre com Fellipe Mateus, o time catarinense por pouco não abriu o placar, aos 12 minutos, em chute que passou por cima. Depois, aos 37, em pênalti que resultou na expulsão de Diogo Mateus, o camisa 12 bateu mal e Alex Muralha defendeu.

Mesmo com um a menos, o Coxa voltou com tudo do intervalo e abriu o placar logo aos 40 segundos. Em trama rápida e letal do ataque, Juan Alano recebeu na entrada da área e deu belo passe para Robson, que limpou o goleiro e o zagueiro e ficou com o gol aberto para balançar as redes.

A vantagem do adversário acendeu o Figueirense no jogo. Precisando buscar o empate, o Alvinegro cresceu e passou a pressionar. Aos oito minutos, o gol só não saiu por causa de Alex Muralha, que operou um milagre para salvar o cabeceio de Luis Ricardo e o rebote de Rafael Marques.

Aos 17, Fellipe Mateus também teve boa chance, mas finalizou por cima do travessão. Mas, aos 23, o empate finalmente saiu. Luis Ricardo cruzou da direita e sobrou limpa para a finalização de primeira de Rafael Marques, no fundo das redes de Muralha.

Com a igualdade, o jogo voltou a ficar aberto, mas com apenas uma chance para cada lado. Juan Alano arriscou cruzado, Pegorari fez ótima defesa. Pouco depois, Rafael Marques teve a oportunidade de marcar o segundo, mas finalizou por cima do gol. Por fim, já nos acréscimos, Betinho também arriscou em chute forte, de longe, que a bola passou perto da trave alviverde e não tirou o empate do placar em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1X1 CORITIBA

Local: Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC).
Data: Sexta-feira, 8 de novembro de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ).
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).
Público e renda: 

Figueirense: Pegorari; Luís Ricardo, Alemão, Pereira e Conrado; Patrick (Jefferson Renan), Betinho e Fellipe Mateus (Guilherme Teixeira); Breno, Robertinho (Gustavo Poffo) e Rafael Marques.
Técnico: Pintado.

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus, Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano e Giovanni (Serginho); Kelvin (Felipe Mattioni), Robson e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Jorginho.

Gols: Robson (CFC) aos 40″ do segundo tempo e Rafael Marques (FIG) aos 1.
Cartões amarelos: Conrado, Alemão e Betinho (FIG); Diogo Mateus, Giovanni e Rodrigão (CFC).
Cartão vermelho: Diogo Mateus (CFC).