Rodrigão marcou e duelo ficou empatado em Bragança Paulista (Divulgação/Coritiba)

Tudo igual no duelo dos líderes da Série B. O Coritiba visitou o Bragantino, na noite desta quinta-feira (22), e ficou no empate em 1 a 1, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP. Com o resultado, o time paranaense segue em segundo, enquanto os paulistas permanecem na ponta da tabela.

Em um duelo equilibrado, o Coxa teve bom início, mas saiu atrás na primeira etapa, com gol de Tubarão. Depois disso, o jogo foi pegado. A receita pelo empate foi a mais conhecida da equipe na competição, com o artilheiro Rodrigão, deixando tudo igual.

Com 33 pontos, dois a menos que o Bragantino, o vice-líder Coritiba volta a campo na próxima terça-feira (27), às 19h15, contra o Vitória, no Couto Pereira, pela 19ª rodada da Série B.

O jogo

Sabendo da força do líder jogando dentro dos seus domínios, o Coritiba começou a partida tentando tomar as rédeas ofensivas, mantendo a posse de bola e circulando no campo de ataque. Aos cinco minutos, Rodrigão foi acionado e derrubado na área, mas o árbitro Jean Pyerre Gonçalves Lima nada marcou. Pouco depois, aos 10, o artilheiro apareceu livre e forçou Júlio César a fazer boa defesa, mas o assistente já marcava posição irregular do atacante alviverde.

Os sustos acordaram o Bragantino, que passou a atacar mais. Aos 11, Tubarão arriscou de longe e Muralha defendeu. Mas no lance seguinte, o jogador não desperdiçou. Em novo chute de fora da área, a bola desviou em William Matheus e foi para o fundo das redes.

Atrás no placar, o Verdão pouco produziu para buscar o empate. Aos 25, Sabino chegou a marcar, mas a arbitragem alegou falta de ataque e anulou. Depois disso, quem mais chegou perto foi o Massa Bruta. Aos 40, Peixoto recebeu lançamento de Claudinho, tocou na saída de Muralha, mas a zaga coxa-branca apareceu para salvar em cima da linha e evitar o segundo gol dos mandantes.

O Coritiba viu o panorama melhorar logo no início da etapa final, quando o Bragantino ficou com um a menos com a expulsão do lateral-esquerdo Edimar.

Com um a mais, o Alviverde foi para cima e começou a pressionar. Aos 10 minutos, Rafinha tabelou com Giovanni, que bateu de primeira e mandou raspando a trave. Mais tarde, aos 17, em jogada característica, a bola foi cruzada na área e Rodrigão cabeceou para boa defesa de Júlio César.

Mas, na segunda tentativa, o artilheiro não desperdiçou. Aos 26, Robson avançou pela direita e cruzou rasteiro para o camisa 9, de primeira, mandar para o fundo das redes e deixar tudo igual.

A situação ficou ainda mais confortável na parte final da partida, quando o Bragantino perdeu o lateral-direito Pio, expulso após falta no campo de ataque. No entanto, mesmo com dois jogadores a mais em campo, o time paranaense pressionou e não conseguiu vencer o líder da competição.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 1X1 CORITIBA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP).
Data: Quinta-feira, 22 de agosto de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Fabricio Lima Baseggio (RS).

Bragantino: Júlio César; Pio, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Uillian Correia, Barreto, Peixoto (Thiago Ribeiro), Tubarão (Rafael Carioca) e Wesley; Claudinho.
Técnico: Antônio Carlos Zago.

Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni, Rafael Lima (Romércio), Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Thiago Lopes (Giovanni) e Juan Alano; Rafinha (Igor Jesus), Robson e Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer.

Gol: Tubarão (BRA) aos 11′ do primeiro tempo e Rodrigão (CFC) aos 26′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Pio e Léo Ortiz (BRA); Sabino e Felipe Mattioni (CFC).
Cartões vermelhos: Edimar e Pio (BRA).