Yan Sasse marcou o gol da vitória alviverde sobre o Sport (Guga Matos /JC Imagem)

A receita caseira foi decisiva para dar a vitória ao Coritiba sobre o Sport, nos minutos finais de partida, no último fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. Depois de ter entrado na etapa final, o prata da casa Yan Sasse foi o responsável por marcar o gol da virada, já no apagar das luzes, e tirar o clube da zona de rebaixamento da competição.

Contente com o feito marcado diante da equipe pernambucana, o jovem meia de 20 anos agora projeta uma sequência para tentar brigar pela titularidade do time nesta reta final de competição.”Todo jogador que está aqui quer estar jogando, buscando o seu espaço, e eu sou mais um deles. Vou brigar sempre pelo meu espaço, para ter as oportunidades e vai ser assim até o fim. Quem decide quem vai jogar é o treinador e o que ele decidir, está certo”, ressaltou em entrevista coletiva.

A mudança que surtiu efeito teve os dedos do técnico Marcelo Oliveira. O meia Yan Sasse entrou no time aos 31 minutos do segundo tempo, quando o placar estava 3 a 2 para o adversário. O empate veio no minuto seguinte com Jonas e, a virada, dos pés do próprio jogador. “A minha ideia foi partir para cima e buscar fazer o gol caso sobrasse uma bola. Do lado de fora, o jogo estava bem difícil, com o time do Sport atacando bastante. A minha vontade era só entrar no jogo e foi o que aconteceu. Sobrou uma bola e eu fui feliz e pude aproveitar bem”, comentou.

Cria das categorias de base do clube, Yan celebra a realização pessoal em poder ajudar o time que o projetou em um momento difícil dentro do Campeonato Brasileiro. “Eu vim da base do Coritiba. O momento que o time estava passando, na zona de rebaixamento, poder entrar e fazer um gol importante para tirar o time desta situação, para mim é fazer uma felicidade enorme. Era meu sonho marcar pelo clube e ele veio em um momento muito importante”, conclui.

O gol marcado pelo jogador levou o Coxa aos 35 pontos, assumindo a 16ª colocação do Campeonato Brasileiro, uma acima da zona de rebaixamento. A equipe agora volta as atenções para o duelo contra o Avaí, no próximo sábado (4), às 21h, no Couto Pereira.