Alex quer ficar mais um ano longe do futebol e programa retorno em 2021. (Foto: Divulgação/Coritiba)

Cotado para ser auxiliar técnico de Mozart no comando do Coritiba, o ex-jogador Alex decidiu não voltar ao futebol na temporada de 2020. O ídolo alviverde ainda tem outros planos para o ano que vem, quer seguir estudando e, sobretudo, quer encerrar a licença da CBF antes de entrar de voltar ao mundo da bola.

“Eu planejei minha vida. Parar, descansar, acompanhar meus filhos e família, fazer cursos, estudar, visitar clubes e treinadores. To seguindo meu plano. Só entro para o futebol em 2021, esse ano vou encerrar a licença da CBF”, afirmou Alex à Rádio Banda B.

Assim, praticamente cai por terra a chance do Coritiba efetivar Mozart, auxiliar técnico da comissão permanente do clube no comando do Verdão para a temporada de 2020. A direção ainda não descartou totalmente essa hipótese, mas a repercussão negativa entre a torcida também teria feito a cúpula alviverde recuar dessa ideia.

No mercado

Faltando um mês para o início do Campeonato Paranaense, o Coritiba segue em busca de um treinador. A diretoria trabalha no mercado, mas esbarra nos valores para definir seu novo comandante. Jorginho, comandante do time coxa-branca na conquista do acesso fez uma pedida acima do que o clube pretende pagar.

Assim, os nomes dos técnicos Eduardo Barroca, Enderson Moreira e Jair Ventura seguem na pauta da diretoria. O nome do técnico Dorival Júnior chegou a ser estudado, mas perdeu força entre a cúpula do Verdão.