Meia Giovanni deve definir sua situação no Coritiba ainda nesta semana. (Osmar Antônio/Banda B)

Ainda em busca de um treinador para a próxima temporada, o Coritiba já vai trabalhando na formatação do seu elenco para a temporada de 2020. A diretoria alviverde segue tentando encaminhar as renovações dos contratos dos jogadores que se destacaram na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano e que conseguiram o acesso à primeira divisão. O zagueiro Sabino, o volante Matheus Sales, o meia Giovanni e o atacante Robson devem vestir novamente a camisa do Verdão.

Já o goleiro Alex Muralha também pode permanecer no Coritiba. Pelo menos é essa a intenção da diretoria alviverde. No entanto, o Coxa teria que renegociar o empréstimo do goleiro que fez uma grande competição pelo clube na Série B deste ano. Além disso, o goleiro Wilson, que tem um salário considerado alto, deve retornar de empréstimo do Atlético-MG.

Nos casos do zagueiro Sabino e do volante Matheus Sales, o Coritiba também precisa resolver as situações com os clubes de origem dos atletas. A negociação com o Santos pelo zagueiro estaria bastante encaminhada. Já no caso de Sales, a diretoria alviverde teria que negociar um novo empréstimo com o Palmeiras.

Por outro lado, o Coritiba perdeu o meia Juan Alano. O jogador pertencia ao Internacional e foi negociado pelo clube gaúcho com o futebol japonês. Assim, o Coxa terá que buscar outra alternativa para o meio de campo para a próxima temporada.

Setor ofensivo

As conversas também estão adiantadas com o meia Giovanni e com o atacante Robson. Nos dois casos, o Coritiba trata diretamente com os empresários dos atletas. No caso do armador, a definição deve sair nessa semana. “Falei com o Pastana e nesta semana deveremos ter uma definição. Há interesse do clube e do Giovanni em permanecer”, resumiu Ricardo Scheidt, empresário de Giovanni.

As tratativas com o atacante Robson também estão encaminhadas. O jogador não tem seu passe preso a nenhum clube e, em entrevista à Rádio Banda B, na semana passada, o centroavante garantiu que tem muita vontade de vestir a camisa do Coxa e de poder disputar novamente a Série A do Brasileirão.

Também nesta semana, o Coritiba definiu um bom reforço para o seu setor ofensivo. O atacante Guilherme Parede teve seu empréstimo encerrado com o Internacional e, em conversa com a diretoria nesta terça-feira, seu empresário, Luiz Alberto de Oliveira, da LA Sports, definiu que o centroavante vai jogar pelo Verdão em 2020.