Guilherme (de preto) foi relacionado para a partida do Atlético. (Miguel Locatelli/Atlético)

Depois de sequer ficar como opção no banco de reservas, o meia Guilherme voltou a ser relacionado pelo técnico Tiago Nunes para uma partida do Atlético. Ele está entre os 22 jogadores que estão com a delegação em Chapecó para a partida diante da Chapecoense, nesta quinta-feira (13), às 20h.

Guilherme deve ficar na reserva na partida em Santa Catarina. O quarteto ofensivo da equipe atleticana deve ser formado pelo meia Raphael Veiga e os atacantes Rony, Marcinho e Pablo.

O meia perdeu espaço sob o comando de Tiago Nunes e até levou uma bronca pública do treinador após o jogo contra o Atlético-MG, na última segunda-feira (10). De acordo com o comandante, a ausência do jogador até do banco de reservas foi por “questão técnica”.

“A ausência do Guilherme é por questão técnica. Ele é um jogador extremamente talentoso, isso é indiscutível, e tem um potencial técnico enorme. Ele tem que transformar esse potencial técnico enorme em merecimento para jogar”, comentou Tiago Nunes.

Com Guilherme no banco de reservas, o Atlético deve jogar contra a Chapecoense com Santos; Diego Ferreira, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Rony, Marcinho e Pablo.

Confira os 22 relacionados do Atlético

Goleiros: Santos e Felipe Alves.
Laterais-direitos: Diego Ferreira e Reginaldo.
Zagueiros: Zé Ivaldo, Léo Pereira, Paulo André, Thiago Heleno e Wanderson.
Laterais-esquerdos: Renan Lodi e Márcio Azevedo.
Volantes: Wellington, Bruno Guimarães, Camacho e Matheus Rossetto.
Meias: Raphael Veiga e Guilherme.
Atacantes: Anderson Plata, Bergson, Pablo, Rony, Marcinho.