Pablo foi elogiado pelo técnico Tiago Nunes (Divulgação/Atlético)

Depois de ter poupado praticamente todos os titulares, o técnico Tiago Nunes teve um dedo importante na vitória do Atlético sobre o Botafogo, na Arena da Baixada, pelo Brasileiro, quando colocou o atacante Pablo nos minutos finais e viu o artilheiro decidir mais uma vez para o Furacão. Satisfeito com o atual momento do jogador, o comandante elogiou o atleta e disse que acreditava que iria decidir o jogo.

“O Pablo é um atacante, naturalmente quando coloca você espera que faça gols. Ele entrou para fazer e fez. Não controlamos quando faria, mas colocamos com esse intuito. A fase dele é especial, com o número de gols que tem e a produção que faz para a equipe. Ele é merecedor desse momento. Tem que destacar todo o coletivo que o ajuda nessa circunstância”, enalteceu Nunes em entrevista coletiva.

O gol contra o Botafogo foi o 16º de Pablo no ano e o 13º no Campeonato Brasileiro, sendo artilheiro da equipe na competição e também na temporada. Mesmo sendo titular absoluto, Tiago Nunes disse que o atacante não se preocupou de ter começado fora e ainda teve papel importante do banco de reservas.

“O Pablo é um atleta que é muito tranquilo no nosso dia a dia, que se dá bem com todo mundo. Eu busco ter uma relação transparente com todos, busco sempre falar a verdade. O Pablo entendeu, ajudou no banco, entrou e foi importante. O que eu penso é que temos que valorizar essa relação transparante que temos entre todos nós, um sentimento que conseguimos nutrir de maneira muito verdadeira no vestiário”, contou o treinador.

A vitória sobre o Botafogo levou o Atlético aos 43 pontos no Brasileirão, ficando próximo do G6. Agora, o time vira a chave e volta a atenção para o duelo contra o Bahia, na próxima quarta-feira (31), pela Copa Sul-Americana, em que terá os retornos dos titulares para buscar a vaga na semifinal da competição. Com a vitória por 1 a 0 na ida, o Rubro-Negro joga por um empate para se classificar.