Árbitro Rodrigo Alonso Ferreira marcou pênalti para o Internacional nos acréscimos. (Ricardo Rimoli/Estadão Conteúdo)

Com erro da arbitragem nos acréscimos do segundo tempo, o Atlético perdeu de virada para o Internacional por 2 a 1 e segue sem vencer jogando fora de casa no Campeonato Brasileiro. O resultado negativo também impediu a volta para o G6.

Pensando na semifinal da Sul-Americana, o Furacão apostou em uma equipe reserva e abriu o placar com o volante Camacho. O Internacional empatou na reta final de partida, com Rodrigo Moleado. O empate gerou reclamação do técnico Tiago Nunes pela demora da arbitragem para autorizar a entrada de mais um zagueiro.

Os homens do apito viraram o centro da polêmica também pelo pênalti marcado nos acréscimos. Na cobrança, D’Alessandro marcou o gol da vitória do Internacional. Após a partida, os atleticanos reclamaram muito com a arbitragem.

O jogo

O Atlético fechou bem o meio durante o primeiro tempo e o Internacional só conseguiu criar pelos lados do campo. O time colorado explorou diversas vezes o cruzamento na área, mas o goleiro Felipe Alves levou a melhor em todas. Do outro lado, o Furacão teve uma chance na bola parada. Bergson cobrou a falta com força e a bola passou perto da trave.

A segunda etapa começou mais agitada e o Inter quase abriu o placar aos quatro minutos. Nico López recebeu na entrada da área, ajeitou e chutou no canto para mais uma boa defesa de Felipe Alves. O Rubro-Negro respondeu na sequência e Victor Cuesta mandou contra na trave.

Aos 13, o Colorado aproveitou espaço dado pela defesa atleticana e quase marcou no contra-ataque. Leandro Damião chutou colocado da entrada da área e Felipe Alves salvou mais uma vez. A chance perdida foi a última do centroavante que foi substituído por Wellington Silva.

Nem deu tempo para a mudança surtir efeito e o Atlético abriu o placar. Camacho arriscou chute de fora da área, a bola desviou em Rodrigo Moledo e foi para o fundo das redes. Depois de sofrer o gol, o Inter colocou William Pottker para buscar o empate. Porém, a mudança deixou espaço na defesa e Raphael Veiga quase ampliou a vantagem.

Na reta final, o Internacional insistiu no empate e conseguiu aos 35 minutos. Após o cruzamento na área, Rodrigo Moledo desviou com a perna direita e mandou para o fundo das redes. O gol gerou a expulsão do técnico Tiago Nunes, que reclamou da demora da arbitragem para autorizar a entrada de Léo Pereira.

Já nos acréscimos, a arbitragem marcou um pênalti mais do que polêmico para o Internacional. Na cobrança, D’Alessandro cobrou no alto e garantiu a vitória da equipe gaúcha. O lance gerou muita reclamação dos atleticanos após o apito final.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2X1 ATLÉTICO

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS).
Data: Domingo, 04 de novembro de 2018.
Horário: 19h.
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC).
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Alex dos Santos (SC).

Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano, Moledo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Juan Alano (William Pottker), Patrick e D’Alessandro; Nico López e Leandro Damião (Wellington Silva).
Técnico: Odair Hellmann.

Atlético: Felipe Alves; Diego Ferreira, Wanderson, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães, Camacho (Léo Pereira) e Matheus Rossetto (Raphael Veiga); Marcinho (Marcelo Cirino), Rony e Bergson.
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Camacho (CAP), aos 18′ do segundo tempo, Rodrigo Moledo (INT), aos 35′ do segundo tempo, e D’Alessandro (INT), aos 47′ do segundo tempo.
Cartões amarelos:
Victor Cuesta e Iago (INT); Felipe Alves e Márcio Azevedo (CAP).