Bruno Guimarães marcou o segundo gol do Atlético (Dhavid Normando/Banda B)

Autor do segundo gol rubro-negro contra o Fluminense, no Maracanã, que carimbou o passaporte para a decisão da Copa Sul-Americana, o volante Bruno Guimarães foi uma das mudanças promovidas pelo técnico Tiago Nunes para o jogo. Dono do meio-campo na noite de quarta-feira (28), o jogador creditou o gol à insistência do treinador em se apresentar também como elemento surpresa na área adversária.

“O Tiago [Nunes] me cobra muito para chegar na área. Na minha carreira só tenho gol dentro da área, então está funcionando a dica dele”, destacou o volante em entrevista à imprensa.

Uma das premissas do comandante para armar a equipe é acreditar que todos são titulares. E mais uma vez foi assim diante do Fluminense, com a entrada de Bruno Guimarães na vaga de Wellington. Para Guimarães, os princípios de Tiago Nunes estão refletindo nos resultados dentro de campo. “O Tiago tem um grande leque na mão, sabe adaptar cada jogo e cada atleta. Acho que ele vem fazendo muito bem e está dando tudo certo”, disse.

Agora, o treinador terá uma dor de cabeça para armar o time para o jogo contra o Flamengo, no próximo sábado (01), no Rio de Janeiro, pela rodada derradeira do Brasileirão. Última partida antes da final da Sul-Americana, o duelo tem grande importância na briga por uma vaga à Libertadores.