Rony marcou um golaço para garantir a vitória do Atlético. (Miguel Locatelli/Atlético)

Com o time reserva, o Atlético venceu de virada o Flamengo por 2 a 1, em pleno Maracanã, mas ficou sem a vaga na Libertadores via Campeonato Brasileiro. O Furacão só não terminou no G6 porque o Atlético-MG venceu o Botafogo por 1 a 0 e ficou com a sexta colocação.

No Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro terminou na 7ª colocação, com 57 pontos (16 vitórias, 9 empates e 13 derrotas). A campanha na Série A foi de recuperação após ficar boa parte do primeiro turno na zona de rebaixamento. Após Tiago Nunes assumir o comando, o Atlético teve uma das melhores campanhas.

O Atlético ainda tem a chance de disputar a competição internacional caso conquiste o título inédito da Sul-Americana contra o Junior Barranquilla, da Colômbia. Os jogos acontecem nos dias 05 e 12 de dezembro.

O jogo

Pensando na Sul-Americana, Tiago Nunes escalou os reservas e a única exceção foi o atacante Marcelo Cirino. Com bola rolando, o Atlético assustou a torcida flamenguista e teve a primeira boa chance da partida logo aos cinco minutos. Márcio Azevedo chutou da entrada da área e o goleiro César espalmou.

O Flamengo cresceu no jogo durante o primeiro tempo e abriu o placar aos 22 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Rhodolfo acertou a trave. Na sobra, a bola bateu na mão do goleiro Felipe Alves e foi para o fundo das redes.

Já no segundo tempo, o jogo estava sem grandes emoções até a entrada de Lucho González. Logo na primeira jogada, aos 19 minutos, o argentino ajeitou para o meio da área e Matheus Rossetto chutou para o fundo das redes. Já aos 25, o volante deu o passe para Rony, que arriscou um belo chute de longe e acertou o ângulo para virar a partida.

Depois da virada, o Flamengo pressionou em busca do gol do empate, mas falhou na hora da finalização. Os dois times ainda tiveram um jogador expulso: Willian Arão, da equipe flamenguista, e Rony, no time atleticano.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1X2 ATLÉTICO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
Data: Sábado, 01º de dezembro de 2018.
Horário: 19h (horário de Brasília).
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP).

Flamengo: César; Pará (Rodinei), Rhodolfo, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Diego, Éverton Ribeiro (Berrío) e Lucas Paquetá; Uribe.
Técnico: Dorival Júnior.

Atlético: Felipe Alves; Diego Ferreira (Lucho González), Zé Ivaldo, Wanderson e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho (Bruno Guimarães) e Matheus Rossetto; Marcelo Cirino (Pablo), Rony e Marcinho.
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Rhodolfo (FLA), aos 22′ do primeiro tempo, Matheus Rossetto (CAP), aos 19′ do segundo tempo, e Rony (CAP), aos 25′ do segundo tempo.
Cartões amarelos:
 Piris da Motta, Pará e Lucas Paquetá (FLA); Wellington (CAP).
Cartões vermelhos: Willian Arão (FLA); Rony (CAP).