Atlético perdeu a terceira partida seguida. (Miguel Locatelli/Atlético)

O Atlético perdeu de virada para a Chapecoense por 2 a 1 e segue sem vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro. Pablo abriu o placar de cabeça no segundo tempo. Já Bruno Guimarães, contra, e Leandro Pereira marcaram os gols da vitória do time catarinense.

Com o resultado, o Furacão acumula a terceira derrota seguida no Brasileirão e tem apenas três pontos a mais que o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Agora, o Atlético jogará duas vezes seguidas na Arena da Baixada contra Fluminense e Paraná.

O jogo

O primeiro tempo não teve muitas emoções e foi marcado por uma polêmica. Bruno Guimarães fez boa jogada individual e caiu na área após dividida com o zagueiro, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Na sequência, Raphael Veiga chutou rasteiro e Jandrei defendeu.

O Atlético ainda teve mais uma chance em cobrança de escanteio e Thiago Heleno quase marcou de cabeça, mas mandou a bola perto da trave. Já a Chapecoense finalizou em gol uma vez e Santos defendeu sem dificuldade a cobrança de falta de Diego Torres.

No segundo tempo, o Furacão aproveitou o desespero da Chapecoense e abriu o placar com seu artilheiro. Renan Lodi cruzou a bola na área, o atacante Pablo subiu mais que o marcador e cabeceou no canto direito para marcar pela nona vez no Brasileirão.

Depois de levar o gol, a Chapecoense partiu para o ataque em busca do empate e conseguiu com a ajuda da defesa atleticana. Bruno Silva fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para o meio da área. A bola bateu em Bruno Guimarães e parou no fundo das redes.

O gol deu muita confiança para o time da casa que continuou no ataque e virou a partida na reta final da partida. Após cruzamento vindo da direita, Leandro Pereira ganhou fácil de Thiago Heleno e cabeceou com força para garantir a vitória da Chapecoense.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 2X1 ATLÉTICO

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: Quinta-feira, 13 de setembro de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros), Doffo (Bruno Silva) e Diego Torres (Yann); Victor Andrade e Leandro Pereira.
Técnico: Guto Ferreira.

Atlético: Santos; Diego Ferreira, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Anderson Plata) e Raphael Veiga (Bergson); Rony (Matheus Rossetto), Marcinho e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes.

Cartões amarelos: Bruno Guimarães, Pablo e Diego Ferreira (CAP).
Gols: Pablo (CAP), aos 15′ do segundo tempo, Bruno Guimarães (CHA), contra, aos 32′ do segundo tempo, e Leandro Pereira (CHA), aos 42′ do segundo tempo.