Ouça os gols da goleada do Atlético na narração de Marcelo Ortiz:

Furacão venceu o Sport com tranquilidade na Baixada (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

A supremacia dentro da Baixada já virou rotina. Vencer por 4 a 0, também. Com grande tranquilidade, o Atlético atropelou o Sport, na noite deste domingo (14), e ampliou a sequência positiva para 11 vitórias consecutivas dentro de casa. Com o resultado, o time paranaense chegou aos 39 pontos e se aproximou do G6 do Campeonato Brasileiro.

Construído no segundo tempo, o triunfo contou com uma ‘ajuda’ do destino. O Furacão abriu dois com gols de Thiago Heleno e Bergson, e quando tudo se encaminhava para terminar assim, o goleiro Magrão se lesionou e o atacante Gabriel teve que ir para o gol, já que as três alterações tinham sido feitas. Resultado: mais dois tentos para o Rubro-Negro e segunda goleada seguida em casa.

A equipe paranaense volta a campo no próximo sábado (20), às 19h, contra o São Paulo, no Morumbi, pela 30ª rodada do Brasileirão.

O jogo

O Atlético foi superior na etapa inicial e teve boas chances para tirar o placar do zero. Pressionando o Sport desde o início, o time teve boas chances, mas esbarrou em grandes defesas do goleiro Magrão. Aos 15 minutos, Cirino e Lucho tentaram duas vezes e esbarraram em dois milagres do camisa 1. O Leão da Ilha tentou responder em bola cruzada na área, aos 17 minutos, mas a finalização de Michel Bastos parou em Thiago Heleno, que salvou em cima da linha.

Foi só na segunda etapa que o Furacão conseguiu converter o domínio em bola na rede. Logo aos dois minutos, na primeira chegada ao ataque, Raphael Veiga cobrou falta na área e Thiago Heleno subiu mais que a defesa para cabecear no fundo do gol e abrir o placar.

Com o jogo controlado, o Atlético não abdicou de atacar e não demorou para ampliar o marcador. Aos dez minutos, Raul Prata desviou com o braço dentro da área e o árbitro Wagner Reway marcou pênalti. O atacante Bergson cobrou no meio, sem chances para o goleiro Magrão, e fez o segundo dos mandantes.

Tudo se encaminhava para os números finais no compromisso, quando o goleiro Magrão se machucou em dividida com o próprio companheiro e teve que deixar o campo. Como o Sport já havia realizado as três substituições, coube ao atacante Gabriel o serviço de ir para o gol. Aí o Furacão deitou e rolou. Aos 38 minutos, a bola rebateu na defesa adversária e sobrou para Bergson. O atacante matou no peito e fuzilou as redes, marcando o segundo dele e terceiro do time da casa.

Pouco depois, aos 40 minutos, Rony fechou a goleada atleticana. Em rápido ataque, o camisa 9 recebeu na entrada da área e bateu colocado, sem chances para Gabriel, marcando o quarto gol e dando números finais a mais uma vitória do Atlético na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 4X0 SPORT

Local: Arena da Baixada.
Data: Domingo, 14 de outubro de 2018.
Horário: 19h.
Árbitro: Wagner Reway (Fifa – MT).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Eduardo da Silva Gonçalves Cruz (MS).
Público e renda: 13.481 total

Atlético: Santos; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Renan Lodi; Bruno Guimarães (Matheus Rossetto), Lucho González (Wellington) e Raphael Veiga; Marcelo Cirino, Nikão (Rony) e Bergson.
Técnico: Tiago Nunes.

Sport: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Evandro; Marcão (Nonoca), Fellipe Bastos, Marlone (Rafael Marques), Gabriel e Mateus (Hernane); Michel Bastos.
Técnico: Milton Mendes.

Gols: Thiago Heleno aos 2′, Bergson [de pênalti] aos 10′ e 38′, e Rony (CAP aos 40′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Fellipe Bastos (SPO).